FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 01 Fev 2016

Morais Vieira reconquista por 228 votos liderança da Comissão Política Distrital do PSD

A lista B, encabeçada por Carlos Morais Vieira conquistou, este domingo, uma “vitória esmagadora” para a liderança da Comissão Política Distrital do PSD. Os dados […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A lista B, encabeçada por Carlos Morais Vieira conquistou, este domingo, uma “vitória esmagadora” para a liderança da Comissão Política Distrital do PSD. Os dados provisórios, perto da meia-noite, apontavam para 1.073 votos para a lista B e 845 votos para a lista A, o que indica uma diferença de 228 votos para a lista adversária, liderada por Eduardo Teixeira. A lista B venceu em todos os órgãos, com vitórias mais expressivas em Arcos de Valdevez e Valença.
À Geice, depois de contados os votos, Morais Vieira declarou que “os militantes do partido souberam estar à altura e demonstraram a grande capacidade de mobilização que o Partido Social Democrata tem em termos de militância no distrito de Viana do Castelo”. “Foi, sem dúvida, um momento de grande vitalidade, de grande fervor social-democrata que os militantes vianeses demonstraram. Esta é uma vitória de todos os militantes, não é minha, é de toda a lista, de todos aqueles que concorreram na lista. Nós vencemos nos quatro órgãos, tenho agora a felicidade de ter na Mesa da Assembleia Distrital dois presidentes de Câmara, acompanhados por três grandes militantes do partido. Tenho também a felicidade de ter no Conselho de Jurisdição Distrital como presidente o Horácio Lages e tenho também na Comissão Distrital de Auditoria Financeira o Alberto Vilas, presidente da Assembleia Municipal de Valença”, indicou o presidente reeleito.
Num apelo à união dos militantes, Morais Vieira disse que “em eleições, as disputas são todas normais, todos devem tê-las, no momento certo. Este foi o momento das eleições do partido para a CPD e para os restantes órgãos. Depois dos votos contados, houve uma lista que venceu e uma que não conseguiu vencer. Aquilo que eu quero é que o partido se mantenha unido no grande desiderato que é vencer mais Câmaras, no distrito, nas próximas eleições autárquicas, fazer o trabalho político que é fundamental”.
“Acima de tudo, nós sabemos vencer, mas peço aos companheiros que concorreram contra a nossa lista que entendam os resultados, que foram desta forma tão expressiva, com uma vitória tão esmagadora”, frisou. “Venci na maioria das secções do distrito, penso que o presidente distrital está totalmente sufragado e tem um total apoio do distrito”, destacou.
Eduardo Teixeira, atual presidente da mesa da assembleia distrital, proclamou os resultados já perto da meia-noite. No que toca aos dados provisórios, confirmou que a lista B conquistou 1.073 votos para a Comissão Política Distrital, contra 845 votos da lista A. Para a Mesa da Assembleia Distrital, a lista de Morais Vieira conseguiu 1.099 votos, contra 815 da lista de Eduardo Teixeira. No que toca ao Conselho de Jurisdição Distrital, a lista vencedora conseguiu 1.078 votos, contra 834 votos dos adversários. Por fim, para a Comissão Distrital de Auditoria Financeira, a lista encabeçada por Morais Vieira reuniu 1.046 votos, contra os 859 da lista A.
A lista vencedora conquistou mais militantes em Caminha, Arcos de Valdevez, Monção, Valença e Ponte da Barca. Já a lista A foi vencedora em Viana do Castelo, Ponte de Lima, Melgaço, Paredes de Coura e Vila Nova de Cerveira. Eduardo Teixeira referiu que em Caminha e Ponte da Barca os resultados foram mais “renhidos”, com uma diferença de 6 e 5 votos, respetivamente. Já a vitória mais “expressiva” da lista B foi em Arcos de Valdevez, com 419 votos, contra os 160 votos obtidos pela lista A.
Assim, a Mesa da Assembleia Distrital terá como presidente João Manuel Esteves, autarca de Arcos de Valdevez, e como vice-presidente Jorge Mendes, autarca de Valença. Para a Comissão Política Distrital (CPD), foi eleito, como presidente, Morais Vieira, seguido de Olegário Gonçalves e José Temporão Monte, como vices. Para o Conselho de Jurisdição Distrital, aparecem os militantes Horácio Lages, Rosa Encarnação, Sandro Durães, Jorge Dantas e Mário Oliveira. Para a Comissão Distrital de Auditoria Financeira, a lista elege nomes como Alberto Vilas, Maria Lopes e Luís Pereira.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts