FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 05 Mar 2016

Augusto Pinheiro venceu último combate de gala de boxe organizada pelo Vianense

Ao longo de 8 combates, com 16 atletas a representarem 10 clubes nacionais, o boxe foi rei no Centro Cultural de Viana do Castelo, num […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste
Imagem: Sónia Silva Sá

Ao longo de 8 combates, com 16 atletas a representarem 10 clubes nacionais, o boxe foi rei no Centro Cultural de Viana do Castelo, num evento promovido pelo Sport Clube Vianense. O melhor parecia mesmo estar a ser guardado para o fim e foi no último combate de boxe que o vianense Augusto Pinheiro (Boavista FC) subiu ao ringue instalado no Centro Cultural, este sábado à tarde, fazendo vibrar as cerca de 500 pessoas presentes e conquistando uma vitória frente a Vítor Páscoa (Coimbra MMA).
Rui Pedro Silva, presidente do Vianense, explicou à Geice que a iniciativa surgiu da ideia de um sócio “de longa data do clube”, que tem relações próximas com o presidente da Federação Portuguesa de Boxe. “Por aquilo que nos foi transmitido numa conversa entre amigos que se cruzam com alguma regularidade, o senhor Eugénio Pinheiro, da Federação, mostrou-se logo disponível para colaborar e tentar minorar as dificuldades do clube. A proposta que foi apresentada foi a organização desta gala de exibição de boxe, com pugilistas de referência a nível nacional”, assumiu.
O dirigente garante que o Vianense aceitou logo esta ideia, até porque o evento ajudaria a trazer alguma receita para o clube. “Isto passa muito pela necessidade de angariar uma receita extraordinária que é tão necessária para o Vianense, mas também acaba por ter o motivo importante de o clube chegar a outros públicos e atrair outras camadas da sociedade”, indicou o responsável.
Também Eugénio Pinheiro, presidente da Federação Portuguesa de Boxe, confirmou que esta sessão pretendia ajudar o Vianense a angariar verbas. “Vieram cá atletas de craveira, os clubes querem competir, os atletas gostam é de competição”, frisou. “Há muito boxe pelo país, foi apenas uma questão de canalizar os atletas e os clubes para Viana”, realçou o responsável.
A gala de boxe abriu o programa das comemorações 118º aniversário do Sport Clube Vianense. O clube centenário reuniu em Viana pugilistas de eleição, alguns campeões nacionais, em representação dos melhores clubes portugueses.
O primeiro combate foi protagonizado por Ruben Tavares (União da Sé), contra João Ferreira, (Vitória SC), com o primeiro a vencer. O segundo combate deu a vitória a Bruno Couto (SP Beira Mar), frente a Paulo Fonseca (FC Porto), tendo a terceira vitória calhado a José Semedo (Sporting CP) frente a Delby Lima (Pedrouços AC). O quarto combate fez Gonçalo Pinto (Arena Matosinhos) conquistar a vitória frente a Nuno Cunha (Coimbra MMA) e igual sorte teve Paulo Moreira (Boavista FC), que enfrentou Henrique Cardoso (Vitória SC). O sexto combate juntou Rodrigo Xavier (Arena Matosinhos) e Ricardo Portugal (Sporting CP), dando a vitória ao primeiro. Filipe Ferreira (SL Benfica) venceu o sétimo combate, depois de desistência do boavisteiro Ricardo Gonçalves. Melhor sorte teve o vianense Augusto Pinheiro (Boavista FC), frente a Vítor Páscoa (Coimbra MMA), no derradeiro combate da tarde, muito aplaudido e com direito a entrega das medalhas por parte do vice-presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Vítor Lemos.

Imagem: Sónia Silva Sá Imagem: Sónia Silva Sá

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts