FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 31 Mar 2016

Festivais de Verão geram polémica no Alto Minho: Música no Coração fora da organização do Vilar de Mouros

As datas estão, à partida, na origem da polémica em torno dos festivais de Verão no Alto Minho. Isto porque, de acordo com uma notícia […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

As datas estão, à partida, na origem da polémica em torno dos festivais de Verão no Alto Minho. Isto porque, de acordo com uma notícia recentemente veiculada pela Blitz, as datas de realização do Festival de Paredes de Coura e do regressado Festival de Vilar de Mouros coincidem, já para não falar da Romaria de Nossa Senhora D’Agonia, marcada para a mesma altura. Ambos os festivais poderão realizar-se entre 17 e 21 de Agosto. A Câmara de Paredes de Coura chegou mesmo a reagir à notícia, sendo que o autarca socialista afirmou duvidar da veracidade das datas avançadas para o regresso do Vilar de Mouros. A Blitz adianta ainda que a organização do Festival em Caminha vai ficar a cargo da Probability Makers e da Metrónomo, ao contrário daquilo que tinha sido anunciado em Setembro do ano passado com uma empresa já bem conhecedora do Festival de Vilar de Mouros, a Música no Coração. Fonte da empresa confirmou à Geice que a Música no Coração não está envolvida na organização do Vilar de Mouros 2016. A Geice falou ainda com uma fonte ligada ao processo de realização do Festival de Vilar de Mouros que afirmou ser ainda prematuro falar em datas, e que essa confirmação só será garantida dentro de dias. Quanto ao facto da Música no Coração ter abandonado o projeto disse desconhecer a situação, mostrando-se mesmo surpreso com a revelação de que outras duas empresas iriam agarrar o regresso do Woodstock à portuguesa.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts