FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 29 Mar 2016

Melhores alunos das secundárias trabalham uma semana com cientistas da UMinho

Os melhores alunos das escolas secundárias do distrito de Braga estão esta semana na Universidade do Minho para uma formação especial, que inclui aulas específicas […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Os melhores alunos das escolas secundárias do distrito de Braga estão esta semana na Universidade do Minho para uma formação especial, que inclui aulas específicas e a integração em equipas internacionais de investigação. Os 170 estudantes do 11º e 12º ano repartem-se, segundo as suas áreas de eleição, pelas diferentes Escolas e Institutos da academia, nos campi de Gualtar, Congregados e Azurém. O programa de três dias inclui formações em arquitetura, ciências, direito, medicina, ciências sociais, enfermagem, economia e gestão, educação, engenharia, psicologia, letras e ciências humanas.Por exemplo, será possível desenvolver nanopartículas para aplicar em sistemas biomédicos e sensores que podem ser impressos, auscultar a atividade do cérebro, participar em ensaios de fermentação, aprender primeiros socorros, maquetizar “uma casa de sonho”, fazer diretos televisivos, simular um julgamento penal e a assembleia-geral da ONU, conceber têxteis avançados, isolar pigmentos e essências para fabricar perfumes, analisar fungos ou conhecer técnicas de cirurgia não invasiva.Os participantes chegam de cerca de três dezenas de instituições que responderam ao convite. O programa dos melhores alunos encerra na quinta-feira, às 17h00, no Restaurante Panorâmico do campus de Gualtar, com a intervenção do reitor António M. Cunha, a entrega de diplomas aos participantes e um lanche. Prevê-se ainda a presença dos presidentes das 11 Escolas e Institutos da UMinho, de responsáveis das 29 instituições de ensino secundário e dos pais dos alunos. A Reitoria considera que esta iniciativa contribui para aproximar a academia dos mais jovens, incentivando-os a fazer formação superior de qualidade e investigação de ponta, para além de sensibilizar a comunidade em geral para o conhecimento produzido nesta Universidade.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts