FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 15 Mar 2016

Monção: Torre da Lapela abre ao público em breve depois de obras de requalificação

A Torre de Menagem de Lapela, em Monção, está a ser objeto de trabalhos de conservação e requalificação, estando a abertura ao público prevista para […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Torre de Menagem de Lapela, em Monção, está a ser objeto de trabalhos de conservação e requalificação, estando a abertura ao público prevista para breve. O presidente da Câmara Municipal de Monção, Augusto Domingues, a responsável pelo Pelouro das Obras e Urbanismo, Conceição Soares, e o presidente da União de Freguesias de Troporiz e Lapela, José Alberto Esteves, estiveram recentemente no local para verificarem o andamento das obras. A empreitada, avaliada em cerca de 70 mil euros com financiamento no âmbito do “QREN – Valorização e Qualificação Ambiental – Eixo III – Património Cultural”, encontra-se praticamente concluída, faltando apenas a beneficiação do pavimento envolvente e a colocação de madeira nos canastros. A abertura ao público está para breve, sendo anunciada ainda no decorrer do presente mês. Imóvel classificado como monumento nacional desde 23 de junho de 1910, a Torre de Menagem de Lapela constitui uma edificação com elevado significado histórico-cultural e um apelativo enquadramento paisagístico sobre o casario tradicional de Lapela, rio Minho e margem galega. Neste edifício carregado de histórias e memórias, pretendeu-se, através desta intervenção, a criação de uma imagem renovada de todo o interior, criando-se um espaço funcional para os visitantes e mais um elemento de promoção cultural do concelho. Edificação com valor histórico e cultural, a sua construção é austera e minimalista, onde o supérfluo não existe e a beleza reside na simplicidade. Apresenta uma tipologia de torre isolada, com remate ameado e acesso principal e único num patamar elevado. Cumprindo a sua função defensiva na linha do rio Minho, possui cisterna, paredes em alvenaria de granito aparelhado com 2,5 metros de espessura e passadiço ao nível da cobertura, terminado em telha tradicional. Tem 27 metros de altura e cerca de 11,50 metros de largura. Nos últimos anos, talvez devido à proximidade da Ecopista do Rio Minho, tem sido muito procurada por turistas nacionais e estrangeiros.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts