FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Mar 2016

Primeiro-Ministro e Secretária-Geral Adjunta em Congresso Federativo do PS que aclamou Miguel Alves

Este fim-de-semana, Miguel Alves foi aclamado oficialmente como presidente da Federação Distrital do Partido Socialista num congresso que contou com a visita surpresa do Primeiro-Ministro. […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este fim-de-semana, Miguel Alves foi aclamado oficialmente como presidente da Federação Distrital do Partido Socialista num congresso que contou com a visita surpresa do Primeiro-Ministro. Os socialistas do distrito de Viana do Castelo reuniram no Congresso que se realizou em Monção, que ficou marcado pela eleição dos novos órgãos dirigentes mas, sobretudo, pela importância dada pelo PS nacional ao evento, demonstrado pela presença já esperada de Ana Catarina Mendes, Secretária-Geral Adjunto e número 2 do PS e pela visita surpresa de António Costa, Secretário-Geral do PS e Primeiro-Ministro.
Cerca de 140 delegados e dezenas de outros militantes do distrito, discutiram durante dois dias as ideias e estratégias do PS do Alto Minho para os próximos dois anos tendo em vista, especialmente, as eleições autárquicas de 2017. Do debate resultaram as ideias chave que sustentaram a moção de estratégia apresentada por Miguel Alves que tinha ganho as eleições para Presidente da Federação com mais de 70% dos votos: a unidade na ação e a renovação de protagonistas e metodologias. Conquistar mais mandatos nas próximas autárquicas, apostar na formação dos militantes e apostar na valorização da voz do Alto Minho, são os eixos fundamentais da estratégia aprovada em Congresso.
A Comissão Política eleita em Congresso renova 50% dos seus membros, a maior parte fazendo, pela primeira vez, parte do órgão máximo entre Congressos e eleva a presença de mulheres e de jovens dentro dos órgãos para além das quotas estatutariamente consagradas. Facto relevante é a eleição, pela primeira vez na história do PS de Viana do Castelo, de uma mulher como Presidente da Comissão Política Distrital: Flora Silva, militante histórica do PS e Presidente da Assembleia Municipal de Viana do Castelo.
A presença do Primeiro-Ministro António Costa foi o grande destaque. “Vim dar um abraço ao meu amigo Miguel Alves, com quem trabalhei mas também dar testemunho do meu reconhecimento pela militância dos socialistas do Alto Minho e pedir-vos que continuem a lutar pela vossa região e pelo vosso país”, referiu o governante. Costa almoçou com Miguel Alves e alguns dirigentes distritais e fez questão de ir ao Congresso cumprimentar os militantes. Já ao cair da tarde, coube a Ana Catarina Mendes encerrar o Congresso, dando uma palavra de ânimo e de confiança no Alto Minho e ao ciclo novo que o PS agora inaugura.
Miguel Alves salientou “o significado profundo desta presença histórica dos dois máximos dirigentes do PS num Congresso Federativo no nosso distrito que deixou os militantes muito contentes e o Presidente da Federação particularmente tocado” mas não deixou de sublinhar “a responsabilidade que o PS agora assume de ser motor de progresso para a nossa região”. Segundo o novo Presidente, o PS do distrito “vai lutar por aumentar o número de mandatos nas próximas autárquicas e, antes, esforçar-se para ser melhor, mais militante, mais preparado mas também mais ligado e aberto à sociedade civil. Não queremos só ganhar eleições, queremos que as pessoas possam ganhar connosco as próximas eleições. Estamos unidos, renovados e motivados para trabalhar pela nossa gente e pela nossa terra. Esse é o melhor tónico que o PS Alto Minho poderia ter para o início de mais esta caminhada”, concluiu.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts