FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 04 Mar 2016

Tradição: Ponte da Barca já prepara a encenação da Mui Dolorosa Paixão de Cristo

É uma das tradições pascais mais emblemáticas do Alto Minho. Em Ponte da Barca já se prapara mais uma encenação da Mui Dolorosa Paixão do […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

É uma das tradições pascais mais emblemáticas do Alto Minho. Em Ponte da Barca já se prapara mais uma encenação da Mui Dolorosa Paixão do Nosso Senhor Jesus Cristo. Em Bravães, na Quinta-feira Santa, ligam-se os cinco palcos onde corre por cerca de duas horas o “último” dia de Jesus Cristo na terra. “Da inveja dos Judeus, á traição de Judas, ao lava-mãos de Pilatos, à morte na cruz depois do milagre que tornou possível a conversão de Longuinhos, o soldado romano e a contrição de Dimas, o bom ladrão. Peça de cariz religioso, seiscentista, em verso, ao gosto vicentino, a partir do original do Padre Francisco Vaz de Guimarães da edição de 1820, muito embora baseada na original que data de 1583, feita em Évora. Encenada num espaço apropriado, com o rigor da pedra a servir de cenário e o pórtico da Igreja românica como pano de fundo do calvário montado no adro”. Mais de quatro dezenas de atores amadores, sessenta figurantes, três gerações em palco, um guarda-roupa primoroso. Luz, som, uma noite de tradição mas também de autoestima numa terra que cresce e se mostra. Este ano repete-se a 24 de Março, às 21h45 no Mosteiro de Bravães.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts