FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 26 Abr 2016

Assembleia Municipal de Viana aprova contas com “melhor indicador de poupança corrente” em 6 anos

A Assembleia Municipal aprovou o Relatório e Conta de Gerência da Câmara Municipal de Viana do Castelo, num documento que apresenta o melhor indicador de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Imagem: Sónia Silva Sá
A Assembleia Municipal aprovou o Relatório e Conta de Gerência da Câmara Municipal de Viana do Castelo, num documento que apresenta o melhor indicador de poupança corrente dos últimos seis anos, assim como a melhor taxa de execução orçamental para o mesmo período. Segundo fonte do município vianense, “relativamente ao melhor indicador de poupança corrente dos últimos seis anos, fica demonstrado o esforço e a racionalização da despesa pública, que se traduz na transferência de verbas destinadas a despesas de funcionamento para investimento direto no município”. O documento aponta também para uma melhor taxa de execução orçamental dos últimos seis anos, “o que significa um grande rigor no planeamento e na implementação dos objetivos definidos nos planos de atividade”.
O relatório aprovado destaca ainda a redução do passivo exigível total, que reduziu nos últimos seis anos em 8 milhões de euros. Este indicador demonstra que, apesar da conjuntura financeira desfavorável e dos cortes da administração central, de 2010 a 2015, foi possível reduzir significativamente a dívida de curto, médio e longo prazo.
Apesar da redução das transferências diretas do estado de 1.7 milhões de euros, foi possível manter, em 2015, o melhor indicador de transferência de verbas do mandato para as freguesias, num total de mais de 5 milhões de euros para obras de conservação da rede viária, beneficiação de equipamentos culturais e desportivos, etc.
Relativamente aos níveis de investimento em 2015, foram também significativos, através do bom aproveitamento dos fundos comunitários e das receitas próprias, que se traduziu na reabilitação das coberturas de todas as escolas de ensino básico e jardim-de-infância, na qualificação de parques e zonas industriais, bem como obras de reabilitação urbana e alargamento das redes de abastecimento de água e saneamento.
O relatório de 2015 evidencia ainda, no âmbito da programação cultural e desportiva, um bom desempenho que se constata através dos aumentos das taxas de visitas aos museus na ordem dos 27% (1/3 relativo a visitas de estrangeiros) e a duplicação do número de espetadores nos eventos do Centro Cultural e do Teatro Municipal Sá de Miranda. No âmbito desportivo, salienta-se ainda que o Centro Cultural e pavilhões e equipamentos desportivos registaram em 2015 cerca de 370 mil utilizações através de provas regionais, nacionais e internacionais.
Os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo, na sua intervenção de alargamento das redes de água e saneamento, instalaram em 2015 cerca de 11 quilómetros de novas redes, espalhadas por todo o concelho.

Imagem: Sónia Silva Sá

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts