FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 19 Abr 2016

Caminha: Estádio Ilídio Couto em Lanhelas já foi inaugurado

Os lanhelenses foram no domingo passado em massa à inauguração do renovado Estádio Ilídio Couto. “Durante demasiado tempo Lanhelas esteve mais esquecido do que merecia. […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Os lanhelenses foram no domingo passado em massa à inauguração do renovado Estádio Ilídio Couto. “Durante demasiado tempo Lanhelas esteve mais esquecido do que merecia. Hoje fazemos um pouco de justiça áquilo que Lanhelas merece. Estamos hoje não só num momento solene, mas num momento de verdadeira alegria. Conseguimos dar resposta não só a um anseio da população de Lanhelas, dos adeptos de futebol, daqueles que amam o seu clube, mas de toda a população do concelho de Caminha”, realçou Miguel Alves durante a cerimónia, acrescentando que: “estamos aqui para inaugurar uma obra 650 mil euros, só no montante ilegível, investidos em Lanhelas com apoio do Estado, com apoio do Governo. Mas também estamos aqui a sublimar a nossa história enquanto povo desta grande freguesia”.
O novo e mais recente equipamento desportivo do concelho de Caminha, o Estádio Ilídio Couto, foi ontem inaugurado pelo Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues. A cerimónia, marcada pela bênção do campo e pelo jogo Lanhelas F.C – A.C. Cardielense, contou com a presença de centenas de lanhelenses e adeptos do Lanhelas F. C. Para além de todos os que quiseram acompanhar o momento, esta cerimónia contou com a presença de Miguel Alves, presidente da Câmara Municipal de Caminha, Tiago Brandão Rodrigues, Ministro da Cultura e da Educação, Ilídio Ramalhosa, presidente do Lanhelas F. C., Josefina Covinha, presidente da Junta de Freguesia de Lanhelas, vereadores da Câmara Municipal de Caminha e de Monção, deputados na Assembleia da República pelo circulo de Viana do Castelo, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, dirigentes da Associação de Futebol de Viana do Castelo, e vários presidentes de associação do concelho de Caminha.
Sobre o novo equipamento, apetrechado com todas as condições para a prática desportiva, Miguel Alves sublinhou “temos hoje aqui um espaço que está preparado para honrar a história de Lanhelas, mas sobretudo está preparado para acompanhar o futuro de Lanhelas e do seu clube. Agora, temos condições para a prática desportiva, para formar os nossos jovens, não só para criar os Cristianos Ronaldos do futuro, mas para poder dar às nossas crianças, à nossa juventude as condições para poderem praticar um desporto, para a qui construírem o seu futuro coletivo de acordo com aqueles que são os valores do desporto, da disciplina, da solidariedade, da fraternidade, da superação”.
O presidente da Câmara Municipal agradeceu a presença do Ministro da Educação e enalteceu “o cuidado que tem tido com o nosso concelho, que é o concelho dele também, o cuidado que tem tido com as escolas e com o desporto”.
Tiago Brandão Rodrigues sublinhou o gosto em estar no concelho de Caminha: “é bom estar aqui. É bom poder regressar a Caminha e é muito bom poder regressar a Lanhelas. É com muito gosto poder voltar onde uma boa parte de mim, a melhor parte de mim nunca saiu. não é uma honra protocolar, é uma honra real poder estar aqui a inaugurar este novíssimo estádio que leva o nome do benemérito, que doou este campo à freguesia nos anos 30”.

O Ministro da Educação sublinhou o papel da autarquia “por ter conseguido agregar as vontades e os recursos para fazer esta obra notável”. Em Lanhelas, Tiago Brandão Rodrigues, disse: “trabalhamos para que o desporto profissional seja cada vez mais profissional, mais sério e competitivo, como trabalhamos para que o desporto amador seja cada vez mais praticado. Mas trabalhamos para que o desporto seja muito mais que coisa única e simplesmente de atletas e desportistas, trabalhamos para que o desporto exista na mente e no corpo, mas também na ideia e na ação de todos os nossos cidadãos. O desporto tem que estar presente em todos nós”, rematou.
Sobre o jogo, o ministro disse não ser um jogo qualquer: “é o jogo que abre este estádio às pessoas e aos desportistas de Lanhelas e já agora aos distritos vizinhos”.
Recorda-se que o campo de jogos de Lanhelas era um espaço antigo e sem condições funcionais e de conforto satisfatórias. Agora, os lanhelenses e todo o concelho têm ao dispor um campo de futebol completamente renovado e adequado para a prática desportiva. A empreitada englobou a colocação de piso sintético, a construção de balneários e a preparação de área para bancadas.
A obra resulta de uma candidatura aprovada pela Comissão Diretiva do ON.2. O custo total é de 898.085,53 euros. O investimento elegível é de 652.000,01 euros e foi comparticipado em 85% pelo FEDER, sendo o restante montante da responsabilidade do Município de Caminha. Esta foi uma aposta do Executivo, que conseguiu aproveitar os últimos fundos comunitários, uma oportunidade que não deverá repetir-se no novo quadro comunitário, onde os equipamentos desportivos têm prioridade negativa.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts