FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 20 Abr 2016

Caminha recebe constitucionalista Jorge Miranda para comemorar o 25 de Abril

Para celebrar os 42 anos da Revolução dos Cravos, o município de Caminha convidou o constitucionalista Jorge Miranda a integrar o programa variado das comemorações. […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Para celebrar os 42 anos da Revolução dos Cravos, o município de Caminha convidou o constitucionalista Jorge Miranda a integrar o programa variado das comemorações. Jorge Miranda aceitou o convite e vai estar nos Paços do Concelho no próximo sábado, dia 23 de abril, para uma conferência sobre os “40 Anos da Constituição da República Portuguesa”, ao lado do antigo deputado Roleira Marinho. O “pai” da Constituição, como é por vezes chamado, é autor de mais de duas centenas e meia de publicações, entre monografias, manuais, lições policopiadas e artigos científicos. Foi enquanto deputado à Assembleia Constituinte (1975-1976) que Jorge Miranda teve um papel importante na construção da Lei Fundamental, a Constituição da República Portuguesa de 1976. Considerado especialista na área do Direito Constitucional, colaborou também na elaboração das Constituições de São Tomé e Príncipe (1990), de Moçambique (1990), da Guiné-Bissau (1991) e de Timor-Leste (2001).
Para sábado está também a ser preparado um grande espetáculo, original e envolvendo dezenas de músicos e artistas caminhenses. O Cancioneiro de Caminha foi construído ao longo do último ano e inclui 14 músicas, criadas para cada uma das freguesias do concelho.
Na programação de domingo, dia 24 de abril, destaca-se a inauguração da exposição “Livros Proibidos”, sobre os livros proibidos pela Ditadura, realizada em colaboração com a Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto. Ao final da tarde, um colóquio abordará a questão “Liberdade de Expressão na Literatura”, com a participação de Henrique Barreto Nunes, Francisco Duarte Mangas e César Príncipe.
Segunda-feira, no dia 25 de abril, o programa é mais institucional, salientando-se a Cerimónia Protocolar da Assembleia Municipal, que terá lugar a partir das 11 horas, no Valadares, Teatro Municipal.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts