FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 25 Abr 2016

Campeonato de Portugal: Vianense perde no ultimo minuto com penalti inexistente

Uma “oferta” do arbitro Rui Soares de Santarém ao avançado madeirense Amar, aos 90 minutos, ditou este domingo o triunfo por 1-0 do Camacha frente […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Uma “oferta” do arbitro Rui Soares de Santarém ao avançado madeirense Amar, aos 90 minutos, ditou este domingo o triunfo por 1-0 do Camacha frente ao Vianense, em jogo da 11ª jornada da fase decisiva do campeonato de Portugal.
Um lance ajuizado de uma forma muito duvidosa empurrou os minhotos para caminhos espinhosos. Após esta derrota, o SC Vianense fica mais junto da zona da despromoção e necessita imperiosamente de somar pontos nos próximos embates para não cair no campeonato distrital.
Num jogo entre aflitos, entrou forte o Vianense e em 15 minutos de excelência criou três situações claras para se adiantar no marcador. Aos 10 minutos, Ruca Sobral tirou tinta ao poste direito da baliza de Fábio com um cabeceamento em zona muito favorável.
Pouco depois, aos 14, Chiva conseguiu isolar-se mas perdeu muito tempo na hora de decidir permitindo a um defesa adversário chegar a tempo de conseguir cortar a bola pela linha final. Na sequência do pontapé de canto, foi Gerson que tentou a sua sorte. O lateral do Vianense rematou forte mas Fábio realizou a defesa da tarde.
Aos poucos os donos da casa equilibraram o desafio e começaram a chegar mais perto da grande area de Nuno, mas só conseguiram criar perigo aos 40 minutos. Júnior, praticamente em baixo da baliza azul e branca, falhou de forma incrível o golo que parecia certo.
Na segunda parte, o Camacha dominou um pouco mais mas nunca conseguiu importunar de uma forma evidente o guardião do Vianense. A equipa de Viana do Castelo nunca se desorganizou defensivamente, os seus jogadores foram muito solidários e conseguiam tapar todos os caminhos para a sua baliza. Com o balanceamento atacante dos madeirense, em contra ataque, os minhotos ainda tiveram duas situações, por Jordão e Gonçalo, em que poderiam ter surpreendido.
E quando tudo indicava que o jogo ia terminar empatado, eis que surge o arbitro Rui Soares de Santarém, ao marcar uma grande penalidade (disparatada) no ultimo minuto do jogo para espanto dos jogadores de ambas as equipas e até para o publico afecto aos donos da casa. Encarregado de cobrar o castigo máximo, o avançado Diop, não vacilou e marcou o golo que garantiu os três pontos à sua equipa.
Derrota injusta para a formação de Viana do Castelo, que pelo jogo que realizou na Ilha da Madeira, não merecia tamanho castigo aplicado pelo arbitro.
Com este desfecho o Vianense respira cada vez mais ofegante na reta final desta competição.
Resultados da 11ª Jornada:
Marítimo B – Mirandela, 2-0
Camacha – Vianense, 1-0
Pedras Salgadas – Neves, 1-3
Limianos – Argozelo, 0-0
Classificação:
1º Marítimo “B”, 39 Pontos
2º Mirandela, 32
3º Pedras Salgadas, 31
5º Limianos, 29
6º Camacha, 23
7º Vianense, 21 (Lugar de Play Off)
8º Neves, 21 (Lugar de Descida)
9º Argozelo, 16 (Lugar de Descida)

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts