FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 29 Abr 2016

Cortejo da Romaria d’Agonia presta homenagem aos gigantones e cabeçudos

Os gigantones e cabeçudos são o tema principal do cortejo histórico-etnográfico da Romaria d’Agonia deste ano. O anúncio foi feito pela entidade organizadora, Vianafestas, através […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Os gigantones e cabeçudos são o tema principal do cortejo histórico-etnográfico da Romaria d’Agonia deste ano. O anúncio foi feito pela entidade organizadora, Vianafestas, através das redes sociais, utilizando a página do slogan “Somos Todos Romaria”, que identifica, desde o ano passado, a romaria vianense. As festas acontecem de 19 a 21 de agosto e o cortejo deverá assim prestar homenagem aos divertidos e coloridos gigantones e cabeçudos.
Todos os anos, os jovens dão corpo aos cabeçudos, entre rapazes e raparigas, que garantem a animação ao longo de todo o cortejo. Já os gigantones são assegurados por homens, que carregam em ombros as figuras gigantes, numa tarefa árdua mas que assumem fazer com todo o orgulho. Muitas vezes, os homens têm de ir “rodando” ao longo do cortejo, para descansarem, mas outros preferem fazer a tarefa do princípio ao fim, com a devoção em Nossa Senhora da Agonia como força.
Apesar de serem utilizados em diversas festas, os gigantones e cabeçudos foram introduzidos na romaria das romarias no ano de 1893, numa tradição que foi “importada” da vizinha Galiza. Ao longo dos três dias de festa deste ano, as figuras prometem voltar a acompanhar os diversos Grupos de Bombos e Zés P’reiras que se costumam juntar na Praça da República, à hora de almoço, para momentos de ruído que entusiasmam todos aqueles que visitam Viana do Castelo durante a Romaria d’Agonia.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts