FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 12 Abr 2016

Estação Imagem 2016 arranca hoje

A sétima edição do Prémio Estação Imagem mantém como palco a cidade de Viana do Castelo, com o apoio da respetiva Câmara Municipal. Realiza-se consecutivamente […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A sétima edição do Prémio Estação Imagem mantém como palco a cidade de Viana do Castelo, com o apoio da respetiva Câmara Municipal. Realiza-se consecutivamente há sete anos e destina-se a premiar reportagens dos fotógrafos portugueses, dos PALOP e da Galiza, ou feitas nestes territórios por fotojornalistas estrangeiros. Todos ao anos um júri internacional constituído por destacadas figuras do meio do fotojornalismo, que para o efeito se deslocam ao nosso país, avalia os trabalhos candidatos. Além dos três dias de reunião, os jurados participam na cerimónia de entrega dos prémios e numa conferência posterior para análise e debate das suas escolhas. O júri deste ano, que estará em Viana do Castelo de 13 a 17 de Abril, é presidido Aindan Sullivan, que também presidiu ao júri do World Press Photo 2012 e foi responsável por toda a fotografia da The Sunday Times Magazine. O grupo de jurados integra ainda João Silva, o fotojornalista de origem portuguesa que foi agraciado pelo presidente do EUA e pelo governo português, depois de em 2010 ter perdido as pernas no Afeganistão ao serviço do The New York Times. Cheryl Newman, directora de fotografia nos últimos 15 anos da revista Telegraph Magazine, e Laurent Rebous director de fotografia da Associated Press para a França e a África do Norte, completam o grupo de jurados desta edição. Também o norte-americano Christopher Morris, que durante uma década foi fotojornalista da Time Magazine junto da Casa Branca e nos últimos dias esteve em destaque nos noticiários de todo o mundo por ter sido agredido por um segurança do candidato Donald Thrump, estará presente este ano em Viana do Castelo. Depois de ter participado no júri da quinta edição, disponibilizou-se para trazer este ano uma exposição sobre o seu trabalho, reconhecendo assim a importância do PRÉMIO ESTAÇÃO IMAGEM e do fotojornalismo que se faz em Portugal, nos Palop e na Galiza. A exposição estará patente no Museu de Artes Decorativas.  Este ano, além da participação no júri, João Silva vai realizar ainda uma conferência e slideshow, no Teatro Sá de Miranda, onde vai apresentar e falar dos seus trabalhos sobre a África do Sul, o Afeganistão e o Iraque. A par do prémio para a melhor reportagem e das distinções nas sete diferentes categorias, nesta sétima edição, reconhecendo as dificuldades e constrangimentos que afetam o trabalho dos fotojornalistas no contexto atual, com cada vez menos meios, tempo e espaço para trabalhos de reportagem, a ESTAÇÃO IMAGEM criou um prémio para a Fotografia do Ano. Novidade é também o desafio que foi lançado à população para fotografar um dia na cidade Viana do Castelo, trabalhos que serão exibidos no Teatro Sá de Miranda nos dias em que o júri internacional estará reunido na cidade.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts