FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 06 Abr 2016

Grupo de peregrinos junta-se para caminhada entre Viana e Fátima há já 11 anos

Como já tem sido hábito, Viana do Castelo vai voltar a levar inúmeros peregrinos a Fátima, no mês de maio. No dia 05 de maio, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Como já tem sido hábito, Viana do Castelo vai voltar a levar inúmeros peregrinos a Fátima, no mês de maio. No dia 05 de maio, um grupo com cerca de 70 elementos vai partir da cidade vianense, em peregrinação, juntando pessoas de todas as idades e profissões. Este ano, os elementos mais jovens têm cerca de 20 anos da idade e a pessoa mais velha é uma freira de 85 anos, que vem de Vila Praia de Âncora para participar neste momento de fé.
Os preparativos para a caminhada de fé começam no dia 01 de maio, com uma missa para a Bênção dos Peregrinos, a acontecer pelas 12 horas, na Igreja da Misericórdia, em Viana do Castelo. Depois, no dia da partida, a 05 de maio, reúnem na Igreja do Carmo pelas 5h45 da manhã, para alguma conversa e para a partilha de rezas, antes da partida. O primeiro dia promete ser um dos mais complicados, com uma caminhada de 45 quilómetros até Vila do Conde. No total, ao longo de sete dias, os peregrinos vão percorrer cerca de 280 quilómetros. A chegada a Fátima deverá acontecer no dia 11 de maio e, para a receção dos vianenses, já “reservaram” uma missa com o padre José Lima.
Paulino Queirós é peregrino há já uma década. Explicou à Geice que este grupo se formou em 2005, por iniciativa de Joaquim Araújo, e tem envolvido sempre dezenas de pessoas nesta peregrinação, por altura do 13 de Maio. “O grupo é constituído por gente de todas as idades e profissões. Vão connosco advogados, médicos, uma freira, de todo o tipo de gente. Temos jovens com cerca de 20 anos, até à Irmã Cecília, de Vila Praia de Âncora, que tem 85 anos”, revelou o elemento da organização. Para esta peregrinação, refere, têm “uma logística bem montada”. “Temos um carro de apoio, duas enfermeiras que vão connosco, temos também todas as refeições e dormidas controladas”, refere o peregrino.
 “É um percurso fantástico”, admite Paulino Queirós. “A primeira vez em que fui, foi em promessa. A partir daí, vou para colaborar, para ajudar. Temos momentos para tudo, momentos em que brincamos e contamos anedotas, momentos em que rezamos, momentos em que choramos”, refere o peregrino. “Quando passamos na Senhora dos Caminhos, no último dia, temos o primeiro impacto. Ao chegar a Fátima, não há sequer palavras para explicar”, realça o responsável. “Quem vai a primeira vez, depois quer repetir. No ano passado tivemos umas meninas que foram a primeira vez, custou-lhes muito, queriam desistir, mas conseguiram e este ano já se inscreveram novamente. Parece que fica um bichinho dentro de nós”, garante.
Para esta peregrinação, o grupo de Viana conta com o apoio da Viana Cycles, que cedeu garrafas de água, a Liberty Seguros, que voltou a ceder os coletes, e também do peregrino António Araújo, que cede a carrinha de apoio à viagem.
“Temos também a ajuda muito importante dos peregrinos que aparecem durante a viagem, que nos dão apoio, que dão uma palavra de consolo e jantam connosco”, realça Paulino Queirós.
Para mais informações:

Paulino Queirós – 96 516 64 67

Joaquim Araújo – 96 733 00 49

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts