FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 12 Abr 2016

Hóquei em Patins: Ponte de Lima vai receber Final Four da Taça de Portugal

A Final Four da Taça de Portugal de Hóquei em Patins vai realizar-se em Ponte de Lima a 18 e 19 de junho. Na apresentação […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Final Four da Taça de Portugal de Hóquei em Patins vai realizar-se em Ponte de Lima a 18 e 19 de junho.
Na apresentação pública desta iniciativa estiveram presentes o Presidente e vereadores do Município de Ponte de Lima, o Presidente da Secção de Hóquei em Patins da Associação Desportiva “Os Limianos”, o Presidente da Federação Portuguesa de Patinagem, o Presidente da Associação de Patinagem do Minho e o Presidente da Associação Nacional de Clubes de Patinagem.
Adriano Sousa Martins, o Presidente da Secção de Hóquei em Patins da Associação Desportiva “Os Limianos” revelou que o clube tem “32 anos de existência e conta com duas passagens em provas nacionais e com este evento espera viver um dos grandes momentos da sua existência”.
Fernando Claro, Presidente da FPP enumerou a “descentralização” e o “incentivo à modalidade” como fatores determinantes para a escolha de Ponte de Lima, como local para realizar este grande evento.
O Presidente do Município limiano sublinha que é “gratificante receber este evento, uma das modalidades mais acarinhadas na região”.
Esta “parceria estratégica” estabelecida entre a FPP, a Secção de Hóquei em Patins da ADL, a Associação de Patinagem do Minho e o Município de Ponte de Lima é uma “excelente oportunidade para promover Ponte de Lima” revelando-se desta forma para a vila “uma mais-valia acolher um evento de âmbito nacional”, disse Vítor Mendes.
O autarca adiantou ainda que se irá realizar “um estágio em Ponte de Lima, durante uma semana da seleção nacional de seniores masculinos, prevendo-se que haja uma interação com a comunidade escolar em geral, promovendo e incentivando esta modalidade desportiva que nesta região tem grande tradição”.
“Prevê-se muita gente”, continuou o Presidente da Câmara Municipal prognosticando que haja uma grande adesão por parte da população em geral, “o que permitirá uma maior taxa de ocupação nos hotéis e restauração, com o respetivo retorno na economia local.”

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts