FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 30 Abr 2016

Neves perde por 0-2 com o Marítimo B mas não desiste e promete “luta”

Este sábado à tarde, o Neves perdeu por 0-2 frente ao líder líder Marítimo B. Apesar de as contas estarem cada vez mais difíceis, a […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este sábado à tarde, o Neves perdeu por 0-2 frente ao líder líder Marítimo B. Apesar de as contas estarem cada vez mais difíceis, a equipa comandada por Rogério Amorim recusa atirar a toalha ao chão e o treinador promete “luta” nas duas jornadas que faltam.
Talvez por saber da importância do jogo, os anfitriões entraram a todo o gás na partida, pressionando muito alto. Logo no minuto inaugural, Schuster recebe bem a bola já no interior da área contrária e remata, com o esférico a sair por cima da baliza à guarda de Edgar.
Seguiram-se alguns minutos de mais pressão por parte do Neves, ainda que sempre com pouca clarividência no momento de definir as jogadas. O Marítimo B começou a estabilizar mais o seu jogo e começou a explorar a velocidade dos seus dianteiros, procurando colocar sistematicamente a bola nas costas dos centrais da equipa da casa.
Ganhava ascendente a formação verde-rubra que, já muito perto do intervalo, esteve à beira de inaugurar o marcador, quando Fábio Abreu rematou forte, já dentro da grande área, obrigando Marafona a uma grande defesa.
O segundo tempo voltou a ter uma equipa do Neves mais ambiciosa nos primeiros minutos e Schuster voltou a estar em destaque, ao cabecear por cima, após cruzamento do lateral-esquerdo grego Tasos. Contudo, e à semelhança do que aconteceu no primeiro tempo, o Marítimo B pegou de novo no jogo, muito por influência do médio e capitão Paná.
Aos 65 minutos, o Marítimo B chega mesmo ao golo, conquistando o 0-1. Cruzamento da direita, falha de marcação da defensiva do Neves e Fábio Abreu consegue receber a bola completamente sozinho no coração da área contrária e, sem dificuldades, bate Marafona.
O Neves procurou a igualdade, mas abusando das bolas bombeadas para a área dos madeirenses, lances que foram sendo invariavelmente anulados pelos centrais insulares, ambos de elevada estatura.
Já muito perto do final, o Neves ainda dispôs de uma boa oportunidade para fazer o tento do empate, após um livre lateral batido para a área contrária e que originou alguma confusão, sem que, no entanto, qualquer jogador da equipa da casa conseguisse dar o toque decisivo para golo. No minuto seguinte, o Neves ficou reduzido a dez elementos. Nuno Santa Marta travou um avançado do Marítimo B quando este seguia isolado para a baliza e viu o respetivo cartão vermelho direto. Já em período de compensações, os madeirenses fizeram o 2-0, novamente por intermédio de Fábio Abreu.
Quando faltam duas jornadas para o fim, o Neves fica a 3 pontos do Vianense e a 5 pontos do Camacha, mas promete continuar a lutar pela manutenção.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts