FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 11 Abr 2016

UMinho recebe Semana da Epidemia de Ciência

O Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS/3B’s) da Universidade do Minho está a promover  a “Semana da Epidemia de Ciência”, abrindo […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS/3B’s) da Universidade do Minho está a promover  a “Semana da Epidemia de Ciência”, abrindo os laboratórios a alunos do básico e secundário e levando os seus investigadores e médicos a diversas escolas da região. O programa é coordenado pelo Domínio de Investigação em Microbiologia e Infeção do ICVS. Estão previstos até sexta-feira, dia 15, mais de 400 visitantes envolvidos em atividades experimentais na Escola de Ciências da Saúde da UMinho, no campus de Gualtar, em Braga. Os participantes irão observar ao microscópio as diferentes cores, formas e tamanhos de micro-organismos causadores de doenças e as bactérias e os fungos que existem em objetos do dia-a-dia como telemóveis, chaves ou carteiras. Terão ainda a possibilidade de testar os conhecimentos e a destreza laboratorial em competições interativas, visitar um laboratório de segurança máxima e vestir os fatos e máscaras de proteção usados pelos cientistas que fazem investigação na área da infeção. Entretanto, ao longo da semana os cientistas da UMinho darão também palestras em diversas escolas do país, instituições e universidades seniores, no sentido de dar a conhecer projetos desenvolvidos no ICVS e responder a curiosidades dos participantes.  O ICVS da UMinho promove anualmente três semanas temáticas ligadas aos seus domínios de investigação, respetivamente, Ciências Cirúrgicas (janeiro), Neurociências (março) e Microbiologia e Infeção (abril). Estas atividades lúdico-pedagógicas têm vindo a despertar o interesse de várias centenas de estudantes provenientes de escolas básicas e secundárias de todo o país. O objetivo é aproximar a universidade da sociedade civil, promover a divulgação científica e sensibilizar os mais novos para vocações na área da saúde.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts