FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 12 Mai 2016

Autarca de Viana insiste nas acusações à PSP e envia queixas sobre estacionamento ao Governo

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo voltou a insistir, duas semanas depois, nas críticas ao comandante da Polícia de Segurança Pública (PSP) […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo voltou a insistir, duas semanas depois, nas críticas ao comandante da Polícia de Segurança Pública (PSP) da cidade e revelou que vai enviar ao Governo o conjunto de queixas que tem recebido “de cidadãos e de forças políticas” sobre a falta de atuação da força policial no que toca aos estacionamentos abusivos.
José Maria Costa revelou, no período antes da ordem de trabalho da reunião quinzenal do executivo de Viana, que vai enviar à ministra da Administração Interna as queixas para que a governante possa decidir o que fazer. “Vou enviar à senhora ministra as queixas contínuas que a Câmara Municipal recebe dos cidadãos e as intervenções apresentadas por deputados municipais, sobretudo do PSD, sobre o que se passa, em Viana do Castelo, com o estacionamento abusivo. A senhora ministra é que tem que dizer ao senhor comandante o que deve fazer”, indicou o socialista. O responsável vai enviar as queixas também ao “ao Diretor Nacional da PSP e ao comandante daquela força policial, em Viana do Castelo”. “A ver se põem ordem na casa”, indicou, revelando “preocupado com a ausência de polícia na cidade e com as queixas sistemáticas dos cidadãos”.
Eduardo Teixeira, do PSD, começara por explicar que tinham pedido uma reunião “com caráter de urgência” ao comandante José Vieira da Cruz e que ficara “incrédulo” com os dados que tinha recebido. Segundo o social-democrata, o comandante indicara que “Viana do Castelo está em sexto lugar, a nível nacional, com maior número de multas passadas pela polícia”. O vereador alegou que aquele indicador contraria as afirmações que o autarca proferiu no passado dia 28 de abril, na anterior reunião de executivo, e continuou dizendo que “os cidadãos de Viana estão a ser altamente penalizados por serem do concelho com mais transgressões”. “O senhor comandante pode dar-lhe os números que quiser mas eu sei as queixas que recebo”, atirou José Maria Costa, em resposta.
 O social-democrata revelou ainda ter tido conhecimento de que o próprio autarca foi reclamar à PSP no dia do concerto do grupo “Resistência” no Centro Cultural de Viana do Castelo, tendo pedido o livro de reclamações para criticar o estacionamento abusivo na zona envolvente à sala de espetáculos.
O socialista explicou que “enquanto cidadão” se sentia “mal” com a “situação anómala” de estacionamento na cidade na altura do espetáculo. “Reclamei, como está no meu direito, pois também pago os meus impostos para garantir o policiamento”, assegurou. Eduardo Teixeira acusou o autarca de estar a ser “vítima do conceito de cidade que quis criar, sem mobilidade e estacionamento gratuito”.
José Maria Costa fez também questão de recordar que, por quatro vezes, Lopo de Carvalho, deputado do PSD na Assembleia Municipal de Viana do Castelo, reclamou do estacionamento indevido na cidade, criticando também a atuação da PSP.
Recorde-se que, na última reunião camarária, o autarca de Viana do castelo pediu a demissão do comandante da PSP local, acusando José Vieira da Cruz de “estar em fim de carreira e estar-se nas tintas” para o estacionamento indevido em algumas zonas da cidade. “Que se demita ou então vá para outro sítio. Em Viana do Castelo não está a cumprir os mínimos”, atacou o socialista, na altura, em resposta a um cidadão que, no final da reunião ordinária da autarquia, se queixou do estacionamento na principal avenida da cidade.
Helena Marques mostrou-se “incomodada” com a forma como o autarca criticou o comandante na passada reunião, explicando que “independentemente das razões que tenha, não é maneira de falar”. Enquanto José Maria Costa pode falar assim, mas não enquanto presidente de Câmara. Tem que ter respeito pelas instituições, tem que ter cuidado como fala de uma autoridade”, vaticinou a vereadora. 

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts