FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 12 Mai 2016

Autarca garante que espólio da Fábrica da Louça de Viana se mantém na cidade

O autarca de Viana do Castelo assegurou ter tido a garantia do proprietário da Fábrica da Louça de Viana de que o espólio da empresa […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O autarca de Viana do Castelo assegurou ter tido a garantia do proprietário da Fábrica da Louça de Viana de que o espólio da empresa de cerâmica vai continuar na cidade. A questão foi levantada pelo vereador laranja Eduardo Teixeira, na reunião de executivo desta quinta-feira, que indicou ter tido conhecimento de que muito material estaria a ser retirado das instalações da empresa, o que significaria o desmantelamento da mesma. Em resposta, José Maria Costa indicou ter falado esta quarta-feira com o proprietário da Fábrica de Louça, que frisou que o espólio “vai ser preservado” e que apesar de a produção estar parada há alguns anos, a loja e o museu de cerâmica vão manter-se como até agora.
“Tiver conhecimento de que houve algum movimento de retirada de algum equipamento da Fábrica de Louça, pelo que contactei o proprietário”, indicou o responsável. A empresa está sem produzir há anos e, segundo o dono, “o equipamento que está a ser retirado não interfere em nada com uma futura produção”. Os equipamentos que estão a ser retirados são máquinas novas que vão ser utilizadas numa outra unidade do empresário.
José Maria Costa frisou que teve a certeza de que “as questões do espólio, da fábrica, os moldes, tudo isso está assegurado e garantido”. “Não há nenhuma alteração quanto à loja e o museu”, vaticinou, explicando que a autarquia está disponível para fazer “a inventariação e conservação” do espólio de cerâmica.
O socialista manifestou a sua disponibilidade para uma parceria que permita valorizar e conservar todo o espólio. O proprietário terá indicado que está a tentar concessionar a Fábrica da Louça de Viana, situação que tem sido dificultada com uma coima antiga da empresa.
Dentro de um mês, José Maria Costa vai reunir com o proprietário para discutir “algumas evoluções” em todo o processo.
Com 242 anos, a fábrica “Louça Regional de Viana” encontra-se desde 2012 sem produção, mantendo apenas uma loja para escoar os produtos e um museu. Foi no Cais Novo, na freguesia de Darque, que a fábrica original foi fundada, em 1774, estando agora situada na freguesia da Meadela. Em 1999, a fábrica foi até distinguida pela Câmara de Viana com o título de Instituição de Mérito da cidade. Ainda nesse ano o negócio foi adquirido pela família Adelino Duarte da Mota, sendo atualmente gerida por José Manuel Cardoso Mota.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts