FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 06 Mai 2016

Automobilismo: Caminha prepara troço que vai receber classificativa do Rally de Portugal

A Câmara Municipal está a ultimar a intervenção no troço que vai receber a classificativa de Caminha do Rally de Portugal, no próximo dia 20, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal está a ultimar a intervenção no troço que vai receber a classificativa de Caminha do Rally de Portugal, no próximo dia 20, garantindo boas condições aos pilotos, mas assegurando também um investimento que perdurará para além da prova, beneficiando as populações locais, o turismo e facilitando a prevenção de eventuais incêndios. Os trabalhos, num investimento da ordem dos 157 mil euros, ficam concluídos no final desta semana.
Mais de uma dezena de máquinas pesadas e vários camiões percorrem até ao final desta semana o troço da classificativa de Caminha do Rally de Portugal. O presidente da autarquia e os vereadores Guilherme Lagido e Rui Teixeira, estiveram no local, para acompanhar a última fase dos trabalhos.
A chuva provocou alguns constrangimentos, mas os últimos dias permitiram dar um avanço aos trabalhos de preparação dos caminhos florestais da serra caminhense, estando a empreitada em fase final e sem atrasos, quase pronta para os testes de reconhecimento que terão lugar a cerca de uma semana da prova.
Assim, já estão praticamente concluídos os troços que ficam nas freguesias de Riba de Âncora, Vilarelho, Venade, Azevedo, Argela e Dem. As máquinas trabalham agora naquela que será a parte inicial da prova, na zona de Gondar.
São caminhos florestais que se estendem por mais de 18 quilómetros, abrangendo as seguintes freguesias: União de Freguesias Gondar e Orbacém, Dem, União de Freguesias Azevedo e Venade, Argela, Riba de Âncora e União de Freguesias de Cristelo e Moledo.
A empreitada “Beneficiação da rede viária para o Rally de Portugal 2016”, corresponde ao investimento total de € 157.190,05 (cento e cinquenta e sete mil, cento e noventa euros e cinco cêntimos).
Recorde-se que, no ano passado, logo a seguir ao Rally de Portugal, a serra foi fustigada por um incêndio de grandes proporções. Nessa altura, a importância dos caminhos foi determinante para a circulação dos carros dos bombeiros, o que permitiu o combate eficaz e a minimização dos danos.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts