FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 25 Mai 2016

Cerveira quer dialogar com Ministério da Educação sobre renegociação dos contratos de associação

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira aprovou por unanimidade, esta quarta-feira, em reunião de executivo, um voto de protesto dirigido ao Ministério da […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira aprovou por unanimidade, esta quarta-feira, em reunião de executivo, um voto de protesto dirigido ao Ministério da Educação pela falta de diálogo com esta autarquia no processo de renegociação dos contratos de associação. Perante a ausência do Colégio de Campos na lista de renovações dos referidos contratos, o executivo cerveirense manifesta o seu desagrado pelo facto de a tutela não auscultar um parceiro direto como a Câmara Municipal.

O autarca Fernando Nogueira manifesta “total desagrado com o facto do Ministério da Educação não se predispor para ouvir esta autarquia, parceiro privilegiado desde há vários anos” e acrescenta que “esta é uma política do atual Governo, uma medida que o Ministério terá de assumir, mas há que ter em atenção especificidades e timings”.

O voto de protesto, que vai ser remetido ao Ministério da Educação, refere “uma medida pouco apropriada e desfasada da realidade geográfica e socioeconómica, contrariando os pressupostos que presidiram à constituição da atual Rede Escolar de Vila Nova de Cerveira”. O executivo municipal transmite ao ministro Tiago Brandão Rodrigues “enorme preocupação com este assunto, pelas repercussões educativas, sociais e económicas afetas a um eventual encerramento do Colégio de Campos”.
O documento realça ainda que “a Câmara Municipal tem responsabilidades nomeadamente no apoio organizacional e logístico, e é manifestamente estranho ainda não ter sido auscultada sobre este dossier que altera significativamente a estrutura da Rede Escolar do Concelho”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts