FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 18 Mai 2016

Dois milhões de euros: Valença vai requalificar a EB 2,3/S

Valença continua a apostar na educação como uma das áreas de intervenção prioritária da ação municipal. Depois da Escola Superior de Ciências Empresariais na Quinta […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Valença continua a apostar na educação como uma das áreas de intervenção prioritária da ação municipal. Depois da Escola Superior de Ciências Empresariais na Quinta da Mota, é a vez da Escola EB 2,3/S de Valença. A Câmara Municipal de Valença vai realizar obras no valor de dois milhões de euros, para melhorar as condições das salas de aulas, da cantina, dos espaços desportivos, criar uma nova biblioteca e um auditório. Tudo para que os jovens alunos e a comunidade valenciana tenham as melhores condições estudar e desenvolver as suas atividades. A intervenção prevista pretende dar mais funcionalidade a esta estrutura de ensino, apostar na eficiência energética e tornar o espaço esteticamente mais atrativo. O projeto em fase final de elaboração, contemplará a criação de um novo edifício charneira para o complexo que permita uma nova ligação entre os atuais edifícios do Polivalente e os blocos D, E e F. O novo edifício acolherá um auditório com capacidade para 120 lugares, uma nova biblioteca e mais salas de aula. A obra a realizar contemplará, também, a criação de uma nova ligação coberta entre o edifício charneira e a cantina, a requalificação de todos os edifícios existentes, bem como das infraestruturas desportivas e espaços verdes envolventes. O conjunto de intervenções a realizar tem como principal objetivo adaptar a escola às novas exigências de ensino, quer ao nível do número de espaços, quer ao nível da qualidade dos mesmos. Valença continua a apostar na educação como uma das áreas de intervenção prioritária da ação municipal. A obra vai ser candidatada ao programa de fundos comunitários Norte 2020, após aprovação do Plano de Desenvolvimento e Coesão Territorial da CIM Alto Minho, que contempla várias intervenções no parque escolar do Alto Minho. Prevê-se uma comparticipação comunitária da obra, assegurando, desde já, a Câmara Municipal a parte do Ministério da Educação, por forma a concretizar-se este investimento.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts