FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 31 Mai 2016

Estuário do Lima: Aberta a apanha de amêijoa e berbigão

De acordo com o último relatório do IPMA, Instituto Português do Mar e da Atmosfera, há boas notícias sobre a captura de bivalves na costa […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

De acordo com o último relatório do IPMA, Instituto Português do Mar e da Atmosfera, há boas notícias sobre a captura de bivalves na costa norte do país. Assim, e de acordo com o IPMA, as principais alterações registadas prendem-se com o facto de voltar a ser permitida a apanha e comercialização de amêijoa asiática, amêijoa-boa, amêijoa-branca, amêijoa-relógio, amêijoa-macha e berbigão no estuário do Rio Lima, em Viana do Castelo. Já no Estuário do Rio Minho as notícias não são tão boas, já que está interdita a apanha e comercialização de todos os bivalves, pelo facto de não haver amostras disponíveis para análise. De regresso ao Estuário do Lima de salientar a interdição de apanha e comercialização de mexilhão por ter sido detetada a presença de uma toxina, designada DSP. No litoral de Viana, na faixa compreendida entre Caminha e Vila do Conde, está interdita a apanha e comercialização de todos os bivalves, excepto a amêijoa-branca e a amêijoa-relógio, tanto pela ausência de amostras disponíveis, tanto pela presença de DSP.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts