FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 30 Mai 2016

Ministro do Ambiente anuncia em Viana lançamento do Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado

O Ministro do Ambiente, Pedro Matos Fernandes, anunciou esta segunda-feira, em Viana do Castelo, a criação de um Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado. De […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Ministro do Ambiente, Pedro Matos Fernandes, anunciou esta segunda-feira, em Viana do Castelo, a criação de um Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado. De acordo com o governante o objetivo passa por reabilitar 1 milhão de metros quadrados de edifícios em todo o país, vocacionando-os para o mercado de arrendamento para a classe média e famílias jovens. Uma iniciativa que está programada para o espaço de uma década. A ideia primordial é alargar o arrendamento nos centros urbanos. De acordo com Matos Fernandes a intenção passa por reabilitar 750 fogos por anos, quando a média nacional de reabilitação se situa atualmente, sem este programa, nos 2500 fogos anuais. 1,4 mil milhões de euros, é a previsão de investimento para uma década. José Maria Costa aproveitou para dizer que houve algum “amargo de boca” quando todas as candidaturas da região norte aos respectivos programas do Portugal 2020 receberam a classificação de “suficiente”, não se destacando o mérito dos projetos das autarquias. Apesar disso esta terça-feira, assina com o Ministério contratos num valor global de 17 milhões de euros para 3 áreas de intervenção. Os responsáveis falavam à margem das Jornadas de Reabilitação Urbana, uma iniciativa da Câmara Municipal de Viana do Castelo, em parceria com a Escola Superior de Tecnologia e Gestão, a Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património, o Instituto da Construção da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e a Escola Superior Gallaecia.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts