FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 03 Mai 2016

Viana do Castelo acolhe duas semanas de muita cultura com II Jornadas Tertulianas

 Entre os dias 14 e 29 de maio, Viana do Castelo deverá ser palco de muita cultura, com atividades para todos os gostos e idades. […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste
Imagem: Sónia Silva Sá

 Entre os dias 14 e 29 de maio, Viana do Castelo deverá ser palco de muita cultura, com atividades para todos os gostos e idades. As II Jornadas Tertulianas – Cultura em Viana do Castelo vão incluir tertúlias, exposições, desfiles, recitais de poesia, apresentação de documentários e concertos.
Ilda Figueiredo, porta-voz do evento, explica que estas Jornadas Tertulianas incluem “um conjunto de eventos que divulgam as atividades que as diferentes associações e coletividades promovem ao longo do ano”. “As instituições que organizam as Jornadas são as próprias associações, cada uma decide aquilo que quer fazer e promover”, realça a responsável, dizendo que a ideia é responder “aos anseios dos vários públicos, transmitindo conhecimentos”.
As Jornadas nasceram como consequência das tertúlias que têm sido promovidas, ao longo dos últimos dois anos, na cidade de Viana do Castelo, explicou Ilda Figueiredo. O evento conta com o apoio da União das Freguesias de Viana do Castelo (Santa Maria Maior e Monserrate) e Meadela. José Ramos diz que a União de Freguesias tem sempre investido no apoio à cultura no concelho vianense e que, “dentro das nossas possibilidades, temos ajudado todos os que nos têm solicitado”. “Felicito a organização e todos os que participam nestas Jornadas, esperando que sejam um êxito e muito participadas”, indicou o autarca local, prometendo contribuir para a divulgação das II Jornadas Tertulianas.
As jornadas iniciam a 14 de maio, pelas 17 horas, numa sessão que acontece na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo. Segue-se um momento de dança protagonizado pelo Sport Clube Vianense e a conversa “A Interculturalidade”, moderada pela presidente do Centro Cultural do Alto Minho, Luísa Quintela. A responsável destacou o papel agregador destas Jornadas, que unem as diferenças associações e coletividades em torno do bem comum.
No dia 15 de maio, pelas 16 horas, abertura da exposição “Viana do Castelo vista pelos artistas”, na Casa de Turismo Manuel Espregueira e Oliveira. Cipriano Fonseca, um dos dois responsáveis pelo evento, destacou a performance que vai ser levada a cabo pela AISCA e o facto de esta exposição apresentar cerca de 18 trabalhos de 11 artistas.
Dia 18 de maio acontece, no salão nobre do Sport Clube Vianense, uma tertúlia sobre Dança, com moderação de Ilda Figueiredo. A moderadora anunciou que estarão presentes cinco convidados e que a tertúlia terá ainda uma “performance surpresa”, para abrilhantar o serão.
No dia 21 de maio, pelas 15 horas, Francisco Carneiro Fernandes promove uma visita à Sé de Viana. José Filgueiras revelou que este momento contará com animação musical do Coral Polifónico de Viana do Castelo e com a colaboração do grupo de teatro À Margem e SIRC – Sociedade de Instrução e Recreio de Carreço. No dia seguinte, 22 de maio, durante a manhã, uma banda musical vai desfilar desde o Largo da igreja de S. Domingos até à Praça da República, mas o grupo ainda está por definir.
Segunda-feira, dia 23 de maio, ao final da tarde, acontece um recital de poesia e tertúlia promovido pelo Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana, no Eventos Caffé. Ricardo Simões, da companhia profissional de teatro, explicou que o recital “O Mar em Bernardo Santareno” vai servir para fazer uma partilha de poesia do dramaturgo Bernardo Santareno, pseudónimo literário de Martinho do Rosário. Esta tertúlia deverá contar com a presença de João Mota,  fundador e diretor da companhia A Comuna – Teatro de Pesquisa, que, com apenas 17 anos de idade, em 1959, participou numa peça de Bernardo Santareno, “O Lugre”.
No dia 25 de maio, será apresentado o documentário “Ouro de lei”, com histórias do ouro popular, no auditório do Coral Polifónico de Viana do Castelo. Este filme será apresentado com comentários do autor, Carlos Viana, com apoio da AO Norte e da Câmara Municipal de Viana do Castelo.
Por fim, a encerrar as II Jornadas Tertulianas, os claustros do Convento de S. Domingos acolhem, dia 29 de maio, pelas 21h30, um concerto de encerramento, pelo Coro VianaVocale, com direção de Vítor Lima. Carla Barbosa, da Academia de Música vianense, explicou que o repertório que vai ser apresentado vai “valorizar muito a música portuguesa e a música da lusofonia”.

Imagem: Sónia Silva Sá

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts