FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 04 Mai 2016

XVI Encontros de Cinema de Viana levam filmes ao Estabelecimento Prisional

Os  XVI Encontros de Cinema de Viana, regressam entre os dias 10 e 15 de maio. O programa desta edição centra-se sobretudo na capacidade formativa […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Os  XVI Encontros de Cinema de Viana, regressam entre os dias 10 e 15 de maio. O programa desta edição centra-se sobretudo na capacidade formativa e pedagógica do cinema e conta com vários eventos dedicados à partilha e reflexão entre profissionais, estudantes e público, como destacam a vereadora da Cultura na autarquia vianense, Maria José Guerreiro, e Rui Ramos, da Ao Norte, que em parceria promovem este evento, que este ano conta com um orçamento na ordem dos 40 mil euros. Em destaque, a Conferência Internacional, que ocorre entre os dias 12 e 13 de maio, na Escola Superior de Educação de Viana do Castelo, e que reúne um painel de apresentações que prometem refletir sobre as potencialidades educativas e culturais do meio cinematográfico. Uma das novidades é o retomar, 8 anos depois, da rubrica Cinema Dentro, e que visa levar uma parte dos Encontros de Cinema de Viana até ao Estabelecimento Prisional, como explicou Daniel Maciel. Vários workshops marcam os dias dos festivais. A secção Olhares Frontais promete, através de três masterclasses, um diálogo sobre cinema promovido junto de teóricos, profissionais e estudantes. Estão também confirmadas as exibições dos filmes “Rio Corgo”, de Maya Kosa e Sérgio da Costa, “Vigília”, de Ana Mariz e “Entre Cenas”, de Rui Simões. Os Encontros prestam, ainda, reconhecimento aos estudantes de diferentes ciclos que incluíram o cinema no seu desenvolvimento pedagógico. Através do Ação02!, Festival de Vídeo Escolar, estudantes de 1o, 2o e 3o Ciclos e Secundário participarão numa secção competitiva, a decorrer nos dias 10 e 11 de maio, no Teatro Municipal Sá de Miranda. Destaque ainda para o Prémio PrimeirOlhar, uma secção competitiva que visa premiar trabalhos realizados por estudantes de cinema ou audiovisuais, provenientes de escolas de Portugal, Galiza, Brasil e outros países de Língua Portuguesa. Outra novidade são os Trabalhos de Casa, um momento de apresentação e debate de projetos de formação audiovisual desenvolvido pela AoNorte nas escolas do concelho.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts