FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 05 Jun 2016

Hotel de Afife acusado de discriminação a homossexuais

A denúncia foi feita este domingo pelo Diário de Notícias, que dedicou um trabalho alargado a uma unidade hoteleira localizada em Afife, concelho de Viana […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A denúncia foi feita este domingo pelo Diário de Notícias, que dedicou um trabalho alargado a uma unidade hoteleira localizada em Afife, concelho de Viana do Castelo, por alegadamente admitir vedar a entrada a homossexuais. Num site de reservas online de estadias, a Casa D’João Enes, em Afife, pede a homossexuais para não fazerem reserva pois pode ser-lhe “vedada a admissão”, como a Geice pôde comprovar.
Descrita como uma “mansão recém-renovada que está tranquilamente situada no coração de Afife e apresenta quartos decorados de forma acolhedora”, a unidade hoteleira é apresentada como “ dos campeões de venda em Afife” num outro site de reservas. No entanto, no site Wonderland Portugal, a Casa D’João Enes refere, nas “condições de hotel”, poder vedar a entrada a “adeptos de futebol; frequentadores/adeptos de festivais de música de verão; gays e lésbicas; consumidores de estupefacientes e quaisquer substâncias psicotrópicas”. “Estimado hóspede”, diz o aviso, “caso se encontre numa das quatro situações abaixo indicadas, queira fazer o favor de não prosseguir com a sua reserva, ou de a cancelar caso a mesma já tenha sido concretizada, sob pena de ser vedada a admissão às nossas instalações”, refere ainda o hotel. As mesmas regras parecem aplicar-se a outras três propriedades, todas em Afife: a Casa d”Alambique, a Casa d’Eira e a Mima Concept. Três dos espaços têm o mesmo proprietário e a Mima Concept pertence a um familiar do responsável dos espaços e do site onde as condições são apresentadas.
Ao Diário de Notícias, o responsável, Paulo Bandeira, assegura que as regras “não têm a ver com preconceitos”. “Sou dono dos estabelecimentos e sou eu que defino quem é o cliente que quero, e quem quero excluir e incluir. Se quero altos ou magros, gordos ou baixos. E não sou o único que tenho esta política”, garantiu o proprietário, ao DN.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts