FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 07 Jun 2016

Município de Esposende candidata “Romaria de S. Bartolomeu do Mar” à Lista Nacional do Património Cultural Imaterial

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira,  já apresentou publicamente a candidatura da “Romaria de S. Bartolomeu do Mar” à Lista Nacional do […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira,  já apresentou publicamente a candidatura da “Romaria de S. Bartolomeu do Mar” à Lista Nacional do Património Cultural Imaterial. O autarca assinalou que esta candidatura não surge por acaso, constituindo “uma abordagem adulta e responsável, demonstrativa daquilo que é a política cultural atual do Município” e que abrange as mais variadas manifestações artísticas. Ciente da sua responsabilidade na promoção da salvaguarda das suas tradições e do seu passado, referiu o autarca, o Município entendeu “ir mais longe” e iniciou o processo para classificar “uma das mais notáveis manifestações culturais ligadas à terra e ao mar”, apoiando-se numa equipa de investigação “de excelência”, liderada por Álvaro Campelo. “Estamos hoje a fazer História, mais História” afirmou Benjamim Pereira, vincando que a Romaria de S. Bartolomeu do Mar é “uma referência cultural indissociável do Município”, e manifestou a expetativa de que a candidatura seja aprovada e se transforme também num “motor de desenvolvimento” da localidade de Mar e do próprio concelho. Benjamim Pereira, enquanto Presidente da Rede Nacional da Cultura dos Mares e dos Rios, notou que o 5.º Encontro deste organismo contribuiu para a identificação do Banho Santo como um fator distintivo, cultural e socialmente ancorado em práticas ancestrais. O Coordenador do Projeto de Candidatura da “Romaria de S. Bartolomeu do Mar”, Álvaro Campelo, felicitou o Município pela iniciativa de propor a sua inscrição à Lista Nacional do Património Cultural Imaterial, considerando o ato da maior relevância, na medida em que “envolve a comunidade, dá auto estima e dá razão de ser ao que herdamos do passado e queremos construir no futuro”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts