FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Jun 2016

Novo Núcleo Museológico de Arqueologia foi inaugurado em Afife

Foi inaugurado o novo Núcleo Museológico de Arqueologia de Afife, situado no Casino Afifense e da responsabilidade do Núcleo Amador de Investigação Arqueológica de Afife […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Foi inaugurado o novo Núcleo Museológico de Arqueologia de Afife, situado no Casino Afifense e da responsabilidade do Núcleo Amador de Investigação Arqueológica de Afife (NAIAA) com o apoio do Casino e da junta de freguesia de Afife. O novo núcleo nasce de um protocolo assinado entre a autarquia, o Casino Afifense e o NAIAA, tendo em conta a riqueza patrimonial, nomeadamente no que respeita ao património arqueológico da freguesia de Afife, fruto das diversas intervenções arqueológicas aí realizadas e que resultaram num considerável acervo museológico, e pretende assim garantir a correta e eficaz preservação e divulgação deste património. O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, marcou presença na inauguração do novo espaço.
O novo Núcleo, criado como forma de qualificar e divulgar o património da freguesia, nomeadamente o arqueológico, vai funcionar numa sala do Casino e terá por objetivo estudar e divulgar o património arqueológico da freguesia, para além de se dedicar a outras atividades sócio culturais ou de formação que contribuam para divulgar e preservar o património e o acesso à cultura e qualificação da comunidade.
Assim, ficou estabelecida a cedência do espaço por parte do casino, a adaptação do mesmo a cargo da autarquia e o seu funcionamento por parte do NAIAA. Ali vai estar patente uma exposição de achados arqueológicos provenientes das várias escavações efetuadas nas estações arqueológicas da freguesia. Na exposição estão peças como vasos cerâmicos, moedas, fragmentos de cerâmica, vidro e ferros, lucernas e potes de cerâmica, para além de pesos de tear. O espólio já foi devidamente tratado e catalogado, de modo a poder ser facilmente entendido pelos visitantes, a cargo do arqueólogo da associação, Diogo Amaro.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts