FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 18 Jul 2016

Agrupamento de Escolas de Freixo Premiado pela Fundação Calouste Gulbenkian

O Município de Ponte de Lima congratula-se com o prémio atribuído pela Fundação Calouste Gulbenkian ao Agrupamento de Escolas de Freixo pelo projeto “Hiper@gir para […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Município de Ponte de Lima congratula-se com o prémio atribuído pela Fundação Calouste Gulbenkian ao Agrupamento de Escolas de Freixo pelo projeto “Hiper@gir para Mudar”. O Agrupamento receberá 8.500,00€ para concretizar este projeto. Recorde-se que a Fundação Calouste Gulbenkian premiou o Agrupamento de Escolas de Freixo em 2013, com os projetos “Mexe-te Pá!” (1.000,00€) e “Uma Escola IN” (5.500 €). O projeto foi apresentado pelo Departamento de Educação Especial, no âmbito da candidatura de apoio a atividades e ações destinadas a promover a educação, no âmbito da intervenção precoce, reabilitação e integração escolar e social de crianças e jovens com necessidades educativas O projeto HIPER@GIR PARA MUDAR incide num estudo de caso através da implementação de uma metodologia inovadora no sistema educativo que objetiva a diminuição da impulsividade, o aumento da atenção e consequente produtividade, através da utilização da mesa “Nómada Desk”, a qual foi idealizada para as crianças trabalharem em pé. Para tal, foi estabelecida uma parceria com a empresa Weproductise – Serviços de Engenharia. Tendo por base os estudos realizados nos Estados Unidos e em Inglaterra, os quais confirmam progressos em termos de atenção/concentração e desempenho académico, esta será a primeira iniciativa em Portugal a ser desenvolvida junto dos alunos com PHDA é pretensão deste Agrupamento realizar um estudo junto dos alunos com Perturbação de Hiperatividade com Défice de Atenção, baseado na observação e monitorização dos progressos evidenciados em termos de comportamento, atitudes, participação e aproveitamento académico, servindo de mote para um estudo de caso. Também serão realizadas várias ações de formação para docentes, assistentes operacionais (alargadas aos Agrupamentos vinculados ao Centro de Formação Contínua-CENFIPE, palestras dirigidas aos pais/encarregados de educação e campanhas de sensibilização para alunos com o intento de abordar as problemáticas da Paralisia Cerebral e Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts