FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 01 Jul 2016

Câmara de Viana entrega “Cantinho dos Pescadores” à VianaPesca

A Câmara Municipal de Viana do Castelo tem vindo a efetuar investimentos para apoio aos pescadores do concelho. Depois de requalificar os armazéns de aprestos, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Viana do Castelo tem vindo a efetuar investimentos para apoio aos pescadores do concelho. Depois de requalificar os armazéns de aprestos, acaba agora de entregar o edifício social para apoio à comunidade piscatória – “Cantinho dos Pescadores” – à VianaPesca, sendo que já assinou com a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) o protocolo que permite a abertura da ponte móvel junto à doca portuária. O Cantinho dos Pescadores, um equipamento social de apoio à comunidade piscatória vai agora ser colocado à disposição dos pescadores e tem como objetivos prevenir a solidão e o isolamento, promover as relações pessoais e geracionais, prestar apoio psicossocial, favorecer a permanência dos mais idosos no seu meio habitual e contribuir para a prevenção de situações de dependência, promovendo a autonomia. Para João Pacheco, também ele pescador, este espaço vai ser um grande apoio, principalmente para os pescadores reformados. Ao todo, foram aqui investidos cerca de oitenta mil euros. Recentemente, a autarquia entregou à APDL a ponte móvel que liga a doca de marés à doca da lota -entretanto reabilitada pelo Município num investimento de cerca de 105 mil euros – para que esta assuma todas as responsabilidades de manutenção, designadamente através de um protocolo futuro a celebrar entre a APDL e a Associação de Armadores de Pesca de Viana do Castelo. Mas outros investimentos virão, como explicou o presidente da Câmara de Viana, José Maria Costa. Já Francisco Portela Rosa, da VianaPesca, agradeceu à autarquia pelo contributo dado na concretização desta velha aspiração dos homens do mar e lançou também mais alguns desafios para o futuro. Estes novos investimentos, juntam-se à mais recente reabilitação dos armazéns de aprestos da zona, requalificados no âmbito de um projeto de recuperação, valorização e proteção do património natural, histórico e arquitetónico, de âmbito local. Trata-se de um investimento de 150 mil euros para qualificar o espaço e contribuir para a competitividade dos profissionais de pesca. Em causa está um conjunto de edifícios divididos em três quarteirões na doca da cidade, no coração da ribeira, e que são a base de funcionamento da atividade piscatória da comunidade e que estavam degradados, prejudicando não apenas o bom funcionamento da atividade piscatória mas, também, a qualificação do próprio espaço.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts