FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 08 Jul 2016

Campeonato do Mundo de Vaurien regressa a Viana 28 anos depois e trará 174 velejadores

Cerca de 28 anos depois, o Campeonato do Mundo de Vaurien regressa a Viana do Castelo no final deste mês, de 23 a 30 de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Cerca de 28 anos depois, o Campeonato do Mundo de Vaurien regressa a Viana do Castelo no final deste mês, de 23 a 30 de julho. A prova mundial promete trazer velejadores de 10 países à cidade princesa do Lima, num total de 174 atletas presentes na prova, que serão acompanhados com o dobro do número no que toca a equipa técnica e familiares.
Em conferência de imprensa, esta sexta-feira, no Centro de Vela da cidade, António Cruz, presidente do Clube de Vela vianense, indicou que esta “é mais uma das provas que nos vamos habituando a fazer em Viana do Castelo”, destacando as outras provas europeias e mundiais que a infraestrutura vianense tem recebido. “Esta é a forma que o clube tem de retribuir aquilo que os vianenses nos têm dado”, frisou o responsável.
Este campeonato mundial passou em Viana apenas em 1988, cidade onde regressa agora, 28 anos depois. António Cruz referiu ainda que os responsáveis do clube “já estão a trabalhar numa outra candidatura, para outro evento, talvez a candidatura mais difícil, a que toda a gente quer”, mas sem desvendar pormenores, dizendo que será uma prova “que movimenta muita e muita gente”. Por isso, disse, “precisamos de receber estas provas para termos currículo e mostrarmos a nossa capacidade de organização”. “Viana vai sentir, mais uma vez, uma prova náutica, neste caso do Clube de Vela. As pessoas vão andar por aí, vão andar a passear”, indicou o responsável, dizendo que foi uma “batalha” do Clube poder trazer Angola para o evento.
Este grande evento desportivo é organizado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo e pelo Clube de Vela de Viana do Castelo e é apoiada pelo Programa Norte 2020. Com este evento, a autarquia acredita que Viana se assume cada vez mais como uma Cidade Náutica do Atlântico, que tem vindo a apostar na difusão e o desenvolvimento dos desportos náuticos. Entre os participantes, 162 são europeus, 2 africanos e 10 latino-americanos.
José Maria Costa, autarca local, destacou o facto de, com estes eventos, “estarmos a promover uma cooperação entre diversas associações e diversos clubes”. O responsável assumiu a “grande satisfação” em acolher esta prova, que vai trazer “muitos velejadores a Viana do Castelo e velejadores de dez países”, o que tornará a cidade “no epicentro da vela durante o mês de julho”.
O edil refere que estes eventos vão de encontro à matriz traçada pelo Plano Estratégico para Viana do Castelo, onde se incluiu o projeto “Náutica nas escolas”, que este ano contou com a participação de 80 turmas, correspondendo a 1800 alunos dos segundos e terceiros ciclos do Ensino Básico.
Tripulada por dois velejadores (timoneiro e tripulante), a embarcação Vaurien foi criada pelo arquitecto naval Jean-Jacques Herbulot em 1951. Tem o comprimento de 4,08 metros e um peso de 73 quilos.
Isabel Castro, da entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal, referiu que a estratégia da entidade passa pela promoção de “grandes eventos”, como este Campeonato de Vela de Vaurien. “Não poderíamos deixar de apoiar esta proposta do Clube de Vela e do presidente da Câmara Municipal para integrar uma mega candidatura que temos em termos da região para 2016 no que toca a apoio de grandes eventos”, disse a responsável, desejando que o campeonato “tenha os melhores resultados possíveis”. “Certamente este evento não vai apenas repercutir para Viana, mas para toda a região Norte e para o turismo em termos nacionais”, realçou Isabel Castro. A representante do Turismo Porto e Norte disse ainda que, por esta altura, as unidades hoteleiras do concelho vianense “já estão quase cheias”, pelo que participantes, técnicos e familiares vão ter de ir para fora do município para encontrar estadia, o que acaba por ser uma mais-valia económica deste tipo de eventos.
No final da apresentação, a sala de formação do Centro de Vela de Viana do Castelo recebeu também um grupo de “amigos” da Galiza que veio apresentar a 53ª Regata Ribeiro, que vai passar por Vigo, Sanxenxo, A Pobra e Combarero, entre os dias 12 e 15 de agosto.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts