FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 18 Jul 2016

Feira Medieval de Caminha com 150 mercadores, taberneiros e artesãos ao longo de 5 dias

Entre esta quarta-feira e domingo, Caminha regressa à idade média. De 20 a 24 de julho a Feira Medieval vai contar com a presença de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Entre esta quarta-feira e domingo, Caminha regressa à idade média. De 20 a 24 de julho a Feira Medieval vai contar com a presença de centena e meia de mercadores, taberneiros e artesãos. Subordinada ao tema “Minium Nostrum”, esta edição vai realçar a “relação” entre as duas margens do Rio Minho. Para tornar o ambiente o mais medieval possível, também os estabelecimentos comerciais se juntaram ao município e regressarão à Idade Média.
No mercado medieval composto por cerca de 150 mercadores, taberneiros e artesãos abundam os petiscos medievais, produtos aromáticos, bijuteria, artesanato, couro, brasões de família, brinquedos medievais, entre muitos outros artigos. A zona de alimentação será distribuída pelas ruas S. João, Visconde Sousa Rego e Contestável Nuno Alvares Pereira; Largos do Poço e Fetal Carneiro. Os mercadores e artesãos vão espalhar-se pelas ruas da Corredoura, S. João, Visconde Sousa Rego, Direita; 16 de Setembro, largos da Matriz e do Turismo e ainda pelo Terreiro.
Quanto à disposição dos vários espaços, o Largo da Matriz volta a servir de cenário ao acampamento medieval e ao “Judicato de Caminha”, um espaço dedicado às freguesias do concelho. As aves de rapina, uma das atrações do certame, poderão ser admiradas junto da Torre do Relógio. Os jogos medievais, “Molha o Parvo”, “Ataque ao Castelo”, “Ataque à Muralha”, “Argolas Mágicas”, concentrar-se-ão na Rua de S. João.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts