FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 31 Jul 2016

Nove países de quatro continentes apresentam “O Mundo a Dançar” no Alto Minho

Até dia 08 de agosto, o Alto Minho é palco d’”O Mundo a Dançar”, numa iniciativa organizada pelo Rancho Folclórico da Casa do Povo de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Até dia 08 de agosto, o Alto Minho é palco d’”O Mundo a Dançar”, numa iniciativa organizada pelo Rancho Folclórico da Casa do Povo de Barbeita, de Monção. O 31º FolkMonção “O Mundo a Dançar” conta com a participação de grupos de nove países de quatro continentes e atuações em 9 concelhos do Alto Minho, num festival envolve cerca de 400 participantes, que ficam alojados na EB 2.3 de Monção, e mais de uma centena de voluntários.
O evento recebe grupos da África do Sul, Argentina, Bielorrússia, Bolívia, Chechénia, Colômbia, Filipinas, Portugal e Sérvia e promove atuações em Arcos de Valdevez, Barbeita, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença e Vila Nova de Cerveira. Considerado um dos melhores do país, este festival reuniu, de acordo com a organização, perto de 100 mil pessoas nas várias atuações da última edição. Este ano, o objetivo é manter o mesmo número de público e a qualidade dos espetáculos. Como sempre, as entradas são gratuitas.
No concelho de Monção, o programa compreende três espetáculos: Gala de Abertura, 2 de agosto, Praça Deu-la-Deu, Gala da Aliança, 6 de agosto, Ponte do Mouro, e Gala de Encerramento, 7 de agosto, Praça Deu-la-Deu. Os restantes concelhos recebem um espetáculo e todos têm início às 22h00.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts