FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 07 Jul 2016

Palácio dos Cunhas passa a receber serviços do Tribunal daqui a 3 meses

Vão avançar as obras de reconversão do Palácio dos Cunhas, um dos edifícios emblemáticos da cidade de Viana do Castelo. No local já foi afixada […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Vão avançar as obras de reconversão do Palácio dos Cunhas, um dos edifícios emblemáticos da cidade de Viana do Castelo. No local já foi afixada a placa que dá conta disso mesmo. A obra, com um custo de quase 150 mil euros, foi adjudicada pelo Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça, I.P., e visa a adaptação do edifício para a “instalação dos orgãos de gestão da Comarca e da Instância Local Cível em Viana do Castelo”. O prazo de conclusão da empreitada é de 90 dias. Recorde-se que, até ser decretada a sua extinção, o edifício funcionou como sede do Governo Civil de Viana do Castelo. Já em Janeiro deste ano o autarca vianense, José Maria Costa, se tinha mostrado “particularmente satisfeito com o uso que vai ser dado ao Palácio dos Cunhas, onde funcionou o Governo Civil durante muitos anos, e que vai permitir acolher alguns serviços do Tribunal de Viana do Castelo, que estavam a funcionar já em condições muito precárias”. Na altura revelou também que provavelmente este ano já entraria em funcionamento, previsão agora confirmada já que as obras deverão estar prontas até ao início de Outubro. O imóvel é património do Estado, está sob a alçada do Ministério da Administração Interna (MAI) mas, através de protocolo, foi transferido para o Ministério da Justiça. Recorde-se que, com o fim dos Governos Civis, desde 2011 que aquele edifício tem apenas a valência de Centro de Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) activa, sendo que os restantes espaço corriam o risco de degradação por falta de utilização.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts