FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Jul 2016

Paredes de Coura aposta no Gabinete de Apoio ao Emigrante como “canal de investimento”

Paredes de Coura responde aos novos desafios — “tempos de transição”, como parafraseou o presidente da Câmara Vitor Paulo Pereira, recorrendo ao filósofo Antonio Gramsi, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Paredes de Coura responde aos novos desafios — “tempos de transição”, como parafraseou o presidente da Câmara Vitor Paulo Pereira, recorrendo ao filósofo Antonio Gramsi, com um Gabinete de Apoio ao Emigrante, onde não só serve para “apoiar os nossos emigrantes e ajudar a resolver pequenos problemas, mas também como canal de investimento que temos que privilegiar”. Na assinatura do protocolo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, no qual participou o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, o presidente da Câmara de Paredes de Coura realçou a importância da “diplomacia económica, diplomacia do investimento” para estes tempos, salvaguardando a importância da imagem que se dá junto de potenciais investidores, evidenciando a “maior agilidade e velocidade institucional do município”. Também José Luís Carneiro chamou a atenção para o “oceano de oportunidades que temos que aproveitar e apoiar”, sublinhando que com a criação deste Gabinete de Apoio ao Emigrante e a sua interação com o Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora e toda a rede consular, Paredes de Coura passa a ter “a chave de uma porta que permite aceder a uma rede consular espalhada pelo Mundo”. Este GAE da nova geração não se limita ao reconhecimento e validação de direitos pessoais, bem como ao reconhecimento e validação de competências. Vai mais longe, permitindo “identificar micro e pequenos investidores que estejam em Paredes de Coura ou em qualquer ponto do país e que queiram projetar os seus negócios, mas também quando pretendam vir para as suas terras de origem”, enfatizou o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas. Para a concretização desta nova valência a proporcionar pelo Município de Paredes de Coura, muito pesou o facto de no concelho sempre se ter verificado um elevado índice de emigração, fato com claros reflexos na sociedade e na economia local. Pretende-se ainda que, com a conjugação do poder económico da diáspora e potencialidades regionais, estimular um ambiente favorável aos negócios e investimentos da comunidade residente nos países de acolhimento, com desejável impacto no desenvolvimento local.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts