FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 25 Jul 2016

Ponte de Lima: Campo da Gandra vai ter novo relvado sintético

Realizou-se na sede da junta de freguesia de Gandra em Ponte de Lima, a assinatura do Auto de Consignação da “Construção de Relvado Sintético – […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Realizou-se na sede da junta de freguesia de Gandra em Ponte de Lima, a assinatura do Auto de Consignação da “Construção de Relvado Sintético – Campo Municipal de Gandra”, cujo valor de empreitada é de 626.968,59€+Iva.
A edificação deste equipamento desportivo enquadra-se na estratégia de coesão social e territorial definida pelo Executivo Municipal no sentido de promover o associativismo desportivo que tem um papel relevante no fomento e na generalização do acesso à prática desportiva regular dos jovens e munícipes do concelho. Por outro lado, pretende-se que o desporto surja como uma atividade social de valor inegável e que o desenvolvimento da prática desportiva não deverá ser só sinónimo do aumento de praticantes, mas também, da qualidade que se pretende desses mesmos praticantes, daí a necessidade de criar uma nova infraestrutura localizada a norte da margem esquerda do concelho.
A infraestrutura enquadra-se numa zona de equipamentos municipais e proporcionará o usufruto de uma instalação desportiva para a prática profissional e de formação do futebol de 11.
Ernesto Pereira, Presidente da Junta de Gandra, não escondeu a satisfação, revelando que “este é um sonho de muitas décadas. Gandra é uma terra com história no futebol, para além da cultura musical também o futebol faz parte da tradição desta terra”. “Que este dia fique gravado na nossa memória como o dia em que cumprimentos aquilo a que nos propusemos” rematou o autarca de S. Martinho da Gandra.
Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes realçou a importância do equipamento que se vai construir junto a uma área de equipamentos municipais, cujo objetivo é o de “proporcionar a melhoria da qualidade de vida de toda a comunidade”. O Autarca relembrou que Ponte de Lima é uma “referência a nível nacional, no sentido de equipar os 12 centros educativos com equipamentos desportivos, como forma de rentabilizar cada espaço, estimulando a prática desportiva.”
A construção deste novo campo implica igualmente a edificação de um edifício de apoio destinado a vestiário/balneário, instalações sanitárias, posto médico/sala de massagem, balneários para técnicos/árbitros, a sala da direção e dois balneários de apoio a duas equipas de futebol de 11, preparados para pessoas com mobilidade condicionada. A sala da direção está projetada para funcionar como secretaria, sala de reuniões e bilheteira, e terá visualização sobre o recinto de jogo e espaços exteriores. No topo nascente temos uma arrecadação e uma pequena central térmica destinada à instalação do sistema de produção de água quente sanitária.
A área destinada a espectadores confina-se à bancada e espaços de movimentação e de permanência em dois lados do campo, nomeadamente a sul e poente, tendo início num acesso coberto, onde se localiza a bilheteira e os sanitários públicos.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts