FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 20 Jul 2016

Simulacro representa colisão entre duas embarcações e envolve 80 pessoas no salvamento marítimo

Este sábado, pelas 15 horas, a cidade de Viana do Castelo vai ser palco de um simulacro de salvamento marítimo em grande escala. Raúl Risso, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este sábado, pelas 15 horas, a cidade de Viana do Castelo vai ser palco de um simulacro de salvamento marítimo em grande escala. Raúl Risso, comandante da Capitania do Porto de Viana do Castelo explicou à Geice que o simulacro vai acontecer perto do ferry, junto à Praça da Liberdade, na zona ribeirinha vianense, e que vai envolver entre 70 a 80 operacionais. Durante o simulacro duas embarcações vão “colidir” e até uma pessoa vai ficar desaparecida. Esta será uma demonstração feita “de forma muito próxima à população” e pretende divulgar a “cultura de segurança” que a capitania tem promovido.
Raúl Risso assegurou que o exercício “terá a participação de várias entidades com responsabilidade em matéria de Proteção Civil e salvamento” como o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) deViana e de Braga, os serviços municipais da Câmara de Viana, a Cruz Vermelha, o Instituto de Socorros a Náufragos, a Polícia Marítima da capitania e a própria Capitania de Viana do Castelo, bem como os Bombeiros Municipais e Bombeiros Voluntários da cidade. “Com este exercício pretende-se fazer uma pequena demonstração do que é um salvamento, agora de uma forma muito próxima à população”, realçou o responsável, dizendo que toda a população vai poder perceber “tudo aquilo que está a acontecer” durante o exercício.
“Deveremos ter entre 70 a 80 pessoas envolvidas” no exercício, referiu o comandante, dizendo que vão simular politraumatizados e até um desaparecimento.
No que toca à época balnear, que começou a 15 de junho, Raúl Risso diz que tem corrido tudo muito bem, pois não tiveram vítimas mortais e apenas têm registado pequenos problemas que têm sido resolvidos pelos nadadores-salvadores.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts