FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 27 Jul 2016

Tarde de muito calor deu muito trabalhos aos bombeiros do distrito (18h30m)

Nesta quarta-feira os bombeiros do distrito de Viana do Castelo não têm tido mãos a medir, mas nenhum incêndio parece representar demasiado perigo. Pelas 10h43 […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Nesta quarta-feira os bombeiros do distrito de Viana do Castelo não têm tido mãos a medir, mas nenhum incêndio parece representar demasiado perigo. Pelas 10h43 teve início um incêndio em povoamento florestal em Igreja, Portela, no concelho de Monção. Apesar de estar em fase de conclusão, segundo o site da Proteção Civil, ainda mobiliza 9 homens e 2 viaturas. Em Gandra e Taião, concelho de Valença, pelas 14h30, também um povoamento florestal foi atingido pelas chamas, estando ainda 18 homens e 6 viaturas no local. Ainda em Valença, mas em Gondomil e Safins, as chamas atingiram o Monte Faro pelas 17h14 e ocupam 5 homens e 1 viatura.
Nos Arcos de Valdevez, em Távora (Santa Maria e São Vicente), começou pelas 14h37 um incêndio em zona de mato, que está agora a concluir e que já nem implica meios no local. Em Poiares, Ponte de Lima, pouco depois das 16 horas as chamas começaram a lavrar e 10 homens e 2 viaturas ainda estão a combater o fogo em mato. Em Vila Nova de Cerveira e Lovelhe, pelas 17h48, o mato foi também atingido, solicitando o empenho de 9 soldados da paz e 2 veículos.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts