FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 22 Ago 2016

Festival de Vilar de Mouros em contagem decrescente com “muito boas perspetivas”

Por esta altura, em Vilar de Mouros, já se vive o “nervoso miudinho” do renascer do mais antigo e emblemático festival nacional que, pelas suas […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Por esta altura, em Vilar de Mouros, já se vive o “nervoso miudinho” do renascer do mais antigo e emblemático festival nacional que, pelas suas características, ficou há muito conhecido como o “Woodstock à Portuguesa”. A venda de ingressos já é prometedora e nesta altura ultimam-se todos os pormenores para que regresse em força, e com todas as condições de comodidade necessárias, um festival nascido no tempo da ditadura e em cujo palco recebeu nomes como Elton John ou os U2. Miguel Alves, o autarca de Caminha, garante que de 25 a 27 deste mês o verdadeiro espírito festivaleiro vai estar de regresso a Vilar de Mouros. Nos 3 dias do festival não vai querer perder nomes como Peter Murphy, Happy Mondays, Orchestral Manoeuvres in the Dark, Echo & the Bunnyman ou Waterboys, entre muitos outros nomes do panorama nacional e internacional. Vai ter uma praia vigiada, com todas as condições e com a promessa de sol, espaços de alimentação, muita música e, claro está, o jeito único que a própria população de Vilar de Mouros tem para receber os festivaleiros.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts