FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 01 Ago 2016

Festival “Filmes do Homem” traz 19 realizadores e documentários a Melgaço

O festival internacional de documentário “Filmes do Homem” começa esta terça-feira e traz a Melgaço 19 realizadores portugueses e estrangeiros. Serão cerca de 40 documentários […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O festival internacional de documentário “Filmes do Homem” começa esta terça-feira e traz a Melgaço 19 realizadores portugueses e estrangeiros. Serão cerca de 40 documentários a serem apresentados, alguns deles pelos respetivos realizadores. O evento acontece até domingo e conta ainda com exposições de fotografia, conferências, debates e muitas outras atividades a lembrar que Portugal é um país de emigração e que agosto é, tradicionalmente, o mês de quem regressa a casa.
O realizador José Costa Barbosa abre a apresentação de filmes a concurso, com o documentário “Hoje não é Ontem”. Seguem-se Luís Azevedo e Alexandre Marinho, com o filme “Atopia”, e Lucas Manarte, com “Espaço Público”. Os três filmes são candidatos ao prémio de melhor curta-metragem e melhor filme português.
No último dia do festival , 07 de agosto, será atribuído o prémio Jean Loup Passek nas várias categorias: melhor longa-metragem internacional (3,000 euros); melhor curta ou média-metragem internacional (1,500 euros) e melhor documentário português (1,000 euros).
As atividades do festival realizam-se na Casa da Cultura de Melgaço, nas freguesias de Penso, Cristóval e Castro Laboreiro, com extensões ainda a Arbo e a Padrenda, na Galiza.
O festival FILMES DO HOMEM é organizado pela Câmara Municipal de Melgaço em parceria com a AO NORTE – Associação de Produção e Animação Audiovisual, e pretende promover e divulgar o cinema etnográfico e social, refletir sobre identidade, memória e fronteira e contribuir para um arquivo audiovisual sobre a região.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts