FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Ago 2016

Museu do Design e da Moda reabre com exposição de filigrana e trajes à vianesa

Depois das obras de requalificação, o MUDE – Museu do Design e da Moda, em Lisboa, vai reabrir com uma exposição dedicada à filigrana e […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Depois das obras de requalificação, o MUDE – Museu do Design e da Moda, em Lisboa, vai reabrir com uma exposição dedicada à filigrana e aos trajes à vianesa. Bárbara Coutinho, diretora do MUDE, assistiu ao Cortejo Histórico e Etnográfico da Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia, na tarde deste domingo, e revelou aos jornalistas, no final do desfile, estar “completamente mergulhada e maravilhada com a energia e toda esta beleza e participação popular”.
A vinda a Viana tinha como objetivo “perceber melhor, conhecer por dentro” a etnografia vianense. “Um dos grandes objetivos do museu é ser um museu nacional, olhar para as nossas tradições, para a nossa cultura, para a nossa identidade e mostrá-las”, referiu ainda.
O edifício do museu está temporariamente encerrado para obras de requalificação. “Quando o MUDE reabrir, no próximo ano, a intenção é que uma das grandes exposições seja sobre a filigrana e sobre o traje”, referiu, não desvendando mais pormenores, mas explicando que será uma parceria entre as Câmaras de Lisboa e Viana do Castelo. “Vai ser uma exposição que terá uma grande parceria dos agentes locais porque o que queremos levar a Lisboa e mostrar ao mundo inteiro é o melhor que Viana tem”, revelou.
“Era impossível fazer uma exposição sem vir cá, sem estar cá, sem sentir esta energia”, vaticinou, dizendo que a exposição deverá abrir em setembro de 2017.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts