FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 31 Ago 2016

Pesca no Rio Minho na época 2016/2017 já está devidamente regulamentada

A Autoridade Marítima Nacional, através da Direção-Geral da Autoridade Marítima, acaba de publicar o Edital que dá conta da regulamentação do “Exercício da pesca no […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Autoridade Marítima Nacional, através da Direção-Geral da Autoridade Marítima, acaba de publicar o Edital que dá conta da regulamentação do “Exercício da pesca no troço internacional do Rio Minho, 2016-2017”. Entre as regras gerais deste regulamento pode ler-se “que o período de proibição da pesca profissional ao domingo, definido no n.º 3 do artigo 10.º do RPTIRM, corresponde ao período compreendido entre as 23:00 horas de sábado e as 23:00 horas de domingo, hora legal Portuguesa. Esta interdição não é aplicável à pesca do meixão com tela e atividades das pesqueiras”. A isto acresce que “é proibido o exercício da pesca submarina em todo o Troço Internacional do Rio Minho “ bem como “é proibido o exercício da pesca profissional e pesca lúdica/desportiva na zona compreendida entre a foz do rio Trancoso ou Barjas”. É também proibido o exercício da pesca profissional e pesca lúdica/desportiva no canal de navegação do ferryboat (Caminha — La Pasaxe), durante o seu horário de funcionamento, bem como a uma distância inferior a 15 metros dos cais, molhes, rampas de acesso de embarcações, pontões e praias de banhos devidamente sinalizadas, assim como em vários locais, definidos no regulamento. É proibida a pesca profissional e pesca lúdica/desportiva, exercida a bordo das embarcações e da margem, a uma distância inferior a 5 metros das áreas definidas como fundeadouros. É permitida a apanha de poliquetas, vulgarmente conhecidos por minhoca -da -pesca, casulos (Hediste diversicolor, Diopatra neapolitana, Lumbrineris impatiens e Arenicola marina), limitada a 100 gramas por apanhador por dia e apenas com recurso a utensílios vulgarmente denominados por pá ou enxada de cabo curto, devendo o apanhador estar munido da respetiva licença de pesca lúdica/desportiva ou profissional. É permitida a pesca do salmão durante a temporada 2016/2017, finda a qual, será novamente reavaliada e acordada a conveniência de prorrogar ou não esta autorização. Permanece autorizada a utilização da tela para a pesca do meixão durante a temporada 2016/2017, uma vez finalizada, será novamente reavaliada e acordada a conveniência de prorrogar ou não esta autorização. Para a temporada 2016/2017 é proibido o uso da arte de pesca denominada peneira ou rapeta a partir da margem, exceto se utilizada, em exclusivo, pelo patrão da embarcação licenciada para a pesca de meixão com tela. Mas estas são apenas algumas das determinações deste regulamento que pode ser consultado na íntegra junto da Autoridade Marítima.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts