FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Ago 2016

Romaria: Cortejo com mais de 50 mil espectadores deixa Ministro da Cultura “comovido”

Este domingo à tarde foram mais de 50 mil os espectadores do Cortejo Histórico e Etnográfico da Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia. […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este domingo à tarde foram mais de 50 mil os espectadores do Cortejo Histórico e Etnográfico da Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia. Ao longo de três horas e meia, o desfile prestou homenagem aos cabeçudos e gigantones e aos usos e costumes do concelho de Viana do Castelo. O Ministro da Cultura assistiu ao cortejo e assumiu ter ficado “comovido” com o que viu. Luís Filipe de Castro Mendes disse estar “comovido e movido por toda esta alegria que vimos aqui, por toda esta beleza de conceção dos carros, dos desfiles, dos vestidos e pela grande alegria das pessoas”. Sobre a certificação do traje à vianesa, o governante disse que “é uma peça que está bem estudada, bem analisada nas suas variedades, e é realmente um grande património”. “Não é por acaso que a imagem do país tem muito presente a imagem dos vestidos de Viana”, indicou.
José Maria Costa, presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, fez um balanço “muito positivo” do desfile, considerando que foi um cortejo “magnífico, com uma grande participação, com uma componente histórica dos gigantones e cabeçudos que foi fantástica”. O autarca destacou “o entusiasmo e a alegria das pessoas”, realçando que se “nota” que as pessoas “querem estar na festa e nas bancadas”.
O socialista disse que “as nossas festas são únicas” e deu os “parabéns” à comunidade vianense. “Esta é uma festa diferente de todas as outras, em que toda a gente participa, isto é único, é o que nos distingue e que faz ver multidões a Viana do Castelo”, frisou, dizendo que “ultrapassamos sensivelmente mais de um milhão de pessoas”. José Maria Costa indicou que continuam “a manter aquilo que é tradição, a autenticidade, aquilo que é genuíno, aquilo que é nosso. Com personagens e atores que são nossos, é tudo gente da casa. É isso que nos faz felizes”, vaticinou o autarca.
“É muito difícil fazer as contas, mas acho que este ano está mais gente do que no ano passado.  É sempre muita gente, o São Pedro colaborado connosco, os números têm sido muito participados, em que toda a gente participa com amor”, afirmou o responsável, considerando que todos participam “com muito amor, muita dedicação, muito brio e muita chieira”.
Maria José Guerreiro, vereadora da cultura, considerou que o cortejo foi “um espetáculo vivo” com “imensas mostras de gigantones e cabeçudos, dos nossos costumes, das tradições”. “Tivemos mais de 50 mil pessoas a assistir a este cortejo. A integrar o cortejo tivemos cerca de 3.000 participantes. É muita gente”, frisou.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts