FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 06 Ago 2016

Rui Sousa não desiste e promete voltar a lutar pela Volta a Portugal em 2017

Quase na recta final da Volta a Portugal deste ano, o ciclista vianense Rui Sousa acaba de garantir que em 2017 vai voltar a competir […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Imagem: Rádio GEICE
Quase na recta final da Volta a Portugal deste ano, o ciclista vianense Rui Sousa acaba de garantir que em 2017 vai voltar a competir por aquela que considera “a corrida mais bonita do mundo”. Depois de alguma especulação, em declarações à RTP1, no final da etapa deste sábado, Rui Sousa, da Rádio Popular Boavista, assegurou que ainda sente “força anímica e psicológica” para repetir a façanha, já com 40 anos de idade.
Para o ano Rui Sousa fará os 20 anos como ciclista profissional, mas diz que quer voltar a fazer a prova, apesar de este ano ainda não ter conseguido vencer nenhuma etapa. Diz ser “competitivo”, mas também “realista”, dizendo que o pelotão da equipa se calhar conta com jovens actualmente mais preparados para vencerem a prova, mas que quer continuar “a dar o seu contributo”, até porque a Volta a Portugal já foi ganha por atletas mais velhos do que ele.
“Quero continuar a acompanhar a equipa, a dar-lhes força e o meu contributo”, reforçou o também autarca da União de Freguesias de Barroselas e Carvoeiro, no concelho de Viana do Castelo, dizendo que o facto de ser um dos atletas mais acarinhados e com maior claque também é um incentivo à sua permanência na modalidade.
Este sábado, o português Daniel Mestre (Efapel) venceu no ‘sprint’ a nona etapa da Volta a Portugal, que ligou Alcácer do Sal a Setúbal. Daniel Mestre fugiu nos metros finais e foi primeiro com  4:12.50 horas, o espanhol Alejandro Marque (LA Alumínios-Antarte) foi segundo, o italiano Alessio Taliani (Androni Giocattoli) foi terceiro, seguindo-se o pelotão a cinco segundos.
O português Rui Vinhas (W52-FC Porto), que voltou a chegar integrado no pelotão, manteve a camisola amarela, com 2.25 minutos de vantagem para o espanhol e seu colega de equipa Gustavo Veloso e 2.53 para o seu compatriota Daniel Silva (Rádio Popular Boavista), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

Imagem: Rádio GEICE

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts