FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 15 Set 2016

Comemorações duram um ano: Teatro Diogo Bernardes assinala 120 anos de existência

Na próxima segunda-feira, a partir das 21h30, o Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, comemora 120 anos sobre a data da sua inauguração, com o espectáculo […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Na próxima segunda-feira, a partir das 21h30, o Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, comemora 120 anos sobre a data da sua inauguração, com o espectáculo de dança contemporânea “A Festa (da insignificância)”, de Paulo Ribeiro, considerado por muitos um dos melhores espectáculos produzidos em Portugal em 2015, fruto de uma co-produção em que participaram o Théâtre National de Chaillot, Les 2 Scènes – Scène Nationale de Besançon, Fundação Caixa Geral de Depósitos – Culturgest, Teatro Nacional São João e Teatro Viriato, para além dos apoios do Município de Viseu e da Companhia Nacional de Bailado. Antes, a partir das 9h00 da manhã, “O Teatro Diogo Bernardes vai à Feira”, dando a conhecer à população e aos visitantes a efeméride que se comemorará ao longo de todo o ano, com término a 19 de Setembro de 2017. A “Batucada Radical”, com cerca de 10 músicos percussionistas, far-se- á acompanhar por um malabarista, um equilibrista, um manipulador de fogo e dois animadores circenses, de maneira a animar as ruas num dia em que a festa será o mote – A Festa dos 120 Anos do Teatro Diogo Bernardes. Voltando ao espectáculo da noite, segundo o criador, Paulo Ribeiro, “O processo criativo é quase sempre angustiante, mas também festivo. Inevitavelmente celebramos a totalidade das nossas possibilidades físicas e mentais. Há sempre uma entrega que nos ultrapassa. Há sempre surpresa, há sempre festa! Há sempre uma dimensão de ritual que nos transforma, que vivifica, que altera, que nos aproxima do outro. E é esta a minha festa. A 19 de Setembro o acesso ao Teatro Diogo Bernardes destina-se a convidados e, para além do espectáculo referido, haverá lugar ainda para algumas surpresas. De maneira a que todos os interessados possam fruir do espectáculo e também participar desta festa, que se quer de todos e para todos, será apresentada uma segunda sessão no dia 20 de Setembro, também às 21h30, cujas entradas são a 2,00€. Até ao final de Setembro, o Teatro Diogo Bernardes apresenta a peça de teatro “A Justiça, um Drama de Faca e Alguidar”, de Camilo Castelo Branco, pela Companhia de Teatro de Braga, a 24 às 22h00, o espectáculo de comunidade e de teatro de rua “Duas Caras”, pela Associação Outra Voz, de Guimarães, na Alameda de S. João, às 22h00; e a banda de jazz de Bristol “Get The Blessing”, quarteto do qual fazem parte músicos que integram bandas como Portishead ou Radiohead, a 28 também às 22h00. Oprograma prolonga-se depois até 19 de setembro de 2017.
 

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts