FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 06 Set 2016

Comissão Política do PSD de Viana caiu porque presidente não queria “carregar o andor” de ninguém

A Comissão Política do PSD de Viana do Castelo caiu esta segunda-feira. Ana Palhares, agora ex-presidente da concelhia laranja, informou através de uma nota pessoal […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Comissão Política do PSD de Viana do Castelo caiu esta segunda-feira. Ana Palhares, agora ex-presidente da concelhia laranja, informou através de uma nota pessoal nas redes sociais que a comissão “caiu em virtude da demissão de um número de membros que inviabiliza a sua continuação em funções”. Ana Palhares refere mesmo que a estrutura do PSD caiu porque a presidente da Comissão Política, a autora da nota, “não se rendeu às ambições pessoais e à visão maniqueísta e castradora de quem, com total ausência de boa fé, teve presente desde a primeira hora, como agenda pessoal, que a mesma só serviria para ‘carregar o andor’ onde a sua imagem era a única que aí tinha lugar”.

“Caiu porque os argumentos de capela, a ausência de um projecto e de uma estratégia, que não a do número e do cacique em proveito próprio, falaram mais alto que a razão e que o verdadeiro interesse por Viana e pelos Vianenses e pelo próprio PSD”, acusa ainda a ex-presidente, afirmando “categórica e peremptoriamente” que acredita na “política com valores, com seriedade, com projetos, com ideias, com muito trabalho com e para as pessoas”.

No comunicado a responsável diz ainda repudiar “os golpes baixos, a falta de carácter de quem não dá a cara nos locais certos, se serve de estratégias vis e se aproveita das fragilidades das pessoas, ainda que sejam seus pares, para perseguir ambições pessoais que já demonstraram, à sociedade, não servir nem o PSD nem Viana do Castelo”.

Ana Palhares, advogada de profissão, deputada municipal e ex-vereadora da Câmara Municipal de Viana do Castelo, fora eleita presidente da Comissão Política Concelhia do PSD de Viana do Castelo a 31 de outubro de 2015.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts