FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 01 Set 2016

Feiras Novas cumprem 190 anos de existência

A Vila de Ponte de Lima e as freguesias do concelho preparam com azáfama tradicional mais uma edição das Feiras Novas. Nos dias que antecedem […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Vila de Ponte de Lima e as freguesias do concelho preparam com azáfama tradicional mais uma edição das Feiras Novas. Nos dias que antecedem o arranque oficial das Feiras Novas, realiza-se na noite de quarta-feira, dia 7, o Encontro Concelhio de Concertinas, no Largo de Camões, após a arruada pela alameda de S. João a partir das 21h30horas. De acordo com a organização esperam-se mais de quatro centenas de tocadores de concertina. Às 22 horas realiza-se a abertura solene das Feiras Novas com o espetáculo “Canto Tradicional”, no Largo de Camões seguindo-se às 22:30 horas a inauguração da iluminação das ruas. O dia de quinta-feira, dia 8 – começa às 18 horas com a apresentação e lançamento do livro “Raça Bovina Minhota”, que tem lugar no edifício da Clara Penha- Casa dos Sabores. Esta noite conta ainda com atuação da Banda de Estorãos no Largo de Camões. Sexta-feira, dia 9 – a partir das 21h30, no Largo da Lapa, Ponte de Lima recebe mais uma vez com carinho o Fado de Coimbra com o grupo “Fado ao Centro”. Ainda no Largo da Lapa a partir das 22 horas, pode assistir a um Concerto de Tunas. Seguem- se as atuações da Banda de Música de Moreira do Lima e da Banda Musical de Rio Mau, Penafiel. No Parque de S. João – Expolima, à mesma hora, continua a reinar a música popular com os Cantares ao Desafio – Zé Cachadinha e os seus amigos animam a festa. Mas para além do som das Bandas de Música, do ribombar dos Bombos dos Grupos de Zés Pereiras e das Concertinas, que se farão ouvir ao longo de todas as festividades, outros grandes momentos compõem estas tradicionais festas do Concelho Limiano. No sábado, dia 10 de setembro, a festa começa muito cedo no picadeiro da Expolima, com o Concurso Pecuário, é a tradicional feira do gado, verdadeira mostra do mundo rural no seu expoente, de amor e paixão. O Cortejo Etnográfico, este ano com um ilustre convidado, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o que com certeza será um estímulo acrescido para que cada freguesia se esmere na sua apresentação, sendo este um dos principais momentos dos usos, costumes e tradições, que as Feiras Novas preservam. A noite de sábado é a noite mais longa, vive-se a maior concentração de concertinas, e às 00.30 horas correm todos ao areal comtemplar a tradicional sessão de fogo-de- artifício que chama a atenção dos milhares de pessoas a vislumbrarem este espetáculo. Este ano as Feiras Novas que celebram 190 anos, desfilam pelas ruas desta vila lendária, cheia de história e de histórias, num Cortejo Histórico que sai à rua no domingo às 15h30 apresentando-se como uma realização coletiva no qual todo o concelho se empenha, retratando a genuinidade do seu valioso património imaterial. Pelas 18h00 horas, na Expolima, os amantes da festa brava vão presenciar uma tourada. As noites são vividas ao som dos concertos das bandas de música, no Largo de Camões, das tocatas de concertinas em cada esquina, do fogo-de- artifício e do Festival de Folclore, cheio de cor, alegria e sons populares, pelos Grupos de Folclore do concelho, a realizar em dois palcos, instalados na Expolima e no Largo da Lapa, no domingo a partir das 21.30 horas. A segunda-feira, dia dedicado às celebrações religiosas em honra de Nª Srª das Dores, começando com uma missa solene com sermão, seguida da majestosa procissão que percorre as principais ruas do Centro Histórico a partir das 16h30 horas, com muito figurado alegórico, confrarias, Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima e Associações locais.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts