FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 01 Set 2016

Pavilhão do Atlântico terá painel de azulejos do artista vianense Mário Rocha

O Pavilhão do Atlântico, que deverá estar pronto daqui a um ano, vai contar com um painel de azulejos do artista vianense Mário Rocha. Foi […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Pavilhão do Atlântico, que deverá estar pronto daqui a um ano, vai contar com um painel de azulejos do artista vianense Mário Rocha. Foi aprovado esta quinta-feira, em reunião da Câmara Municipal de Viana do Castelo, o lançamento do concurso público para a construção do novo pavilhão desportivo, que deverá avançar dentro de cerca de quatro meses para estar pronto em setembro de 2017. José Maria Costa, presidente da Câmara de Viana, refere que “do ponto de vista da arquitetura é um projeto muito arrojado” e destaca o painel de azulejos sobre o tema do Atlântico de um artista “com reconhecido mérito nacional”.
O Pavilhão do Atlântico vai nascer na Avenida do Atlântico, num terreno em gaveto com 1785 metros quadrados entre a Avenida e a Rua Dr. Pedro Barbosa, onde está situada a escola EB 2/3 com o mesmo nome. A nova estrutura desportiva destina-se, em primeiro lugar, a dar apoio à comunidade escolar da EB23 Pedro Barbosa. José Maria Costa explicou que “neste momento, os alunos da escola têm de atravessar um arruamento para ir ao Pavilhão de Monserrate e, desta forma, vão passar a ter um equipamento desportivo dentro do parque escolar, com maior segurança e melhores condições”.
Já no período do fim de tarde e fins-de-semana, o futuro Pavilhão do Atlântico vai dar apoio à comunidade local e às associações desportivas.
O futuro pavilhão, que será edificado apenas com financiamento municipal, é composto por dois corpos paralelepípedos que integram uma área de jogo e que permite também a prática de basquetebol por ter altura livre de 7.50 metros, vestiários e balneários para 20 atletas cada, vestiários para treinadores e árbitros, primeiros socorros e apoio médico, uma receção, uma cafetaria e áreas técnicas e de arrecadação. Está também prevista uma bancada para 152 lugares sentados. Este projeto de execução, com um orçamento estimado a rondar 1.5 milhões de euros, vai agora ser sujeito a concurso público.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts