FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 05 Set 2016

Viagem Literária chega ao destino em Viana depois de 1500 quilómetros e 18 cidades

No dia 24 de setembro, termina em Viana do Castelo uma viagem literária que aconteceu ao longo de 18 meses. A Viagem Literária chega à […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

No dia 24 de setembro, termina em Viana do Castelo uma viagem literária que aconteceu ao longo de 18 meses. A Viagem Literária chega à capital do Alto Minho para a sua derradeira paragem, naquela que será a 18ª etapa deste festival literário itinerante. O evento encerra no Teatro Municipal Sá de Miranda, que recebe Manuel Jorge Marmelo e Richard Zimler, a partir das 21:30.
Segundo a Porto Editora, 18 meses e 18 cidades depois, “chega ao fim uma grande viagem a Portugal, feita por escritores e leitores em torno dos livros”. Este festival literário aconteceu por etapas, ou por capítulos, e juntou mais de 4000 espectadores, tendo lotado teatros municipais de várias cidades e levado a todos o país grande escritores, entre romancistas, poetas, jovens, consagrados, portugueses e estrangeiros.
Este será um evento de entrada gratuita, embora sujeito a levantamento prévio ou reserva de bilhete, no qual o jornalista João Paulo Sacadura conduz uma conversa de 90 minutos entre os dois convidados. Pelo caminho, a conversa segue pelas mais recentes obras dos autores (como Macaco Infinito, de Manuel Jorge Marmelo) e pelos seus percursos biográficos e literários. No final, há ainda espaço para questões do público e, depois de terminada a conversa, para a habitual sessão de autógrafos e contacto mais direto entre os escritores e os leitores.
Na estrada desde 25 de Abril de 2015, a Viagem Literária completa agora o seu percurso de mais de 1500 km nas estradas de Portugal Continental e de duas deslocações às Regiões Autónomas para grandes sessões no Funchal e em Ponta Delgada.
Manuel Jorge Marmelo nasceu em 1971, no Porto. Foi jornalista de 1989 a 2012. Estreou-se na literatura em 1996 com o livro O Homem Que Julgou Morrer de Amor. Os mais de vinte títulos que tem publicados incluem romances, crónicas, livros infantis e contos, tendo conquistado, em 2005, o Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco com O Silêncio de Um Homem Só.
Richard Zimler nasceu em 1956, em Roslyn Heights, um subúrbio de Nova Iorque. Fez um bacharelato em Religião Comparada na Duke University e um mestrado em Jornalismo na Stanford University. Trabalhou como jornalista durante oito anos, principalmente na região de São Francisco, nos EUA. Em 1990 veio viver para o Porto, onde lecionou Jornalismo, primeiro na Escola Superior de Jornalismo e depois na Universidade do Porto. Atualmente, tem dupla nacionalidade: americana e portuguesa. Desde 1996, publicou dez romances, uma coletânea de contos e dois livros para crianças.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts